Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise do efeito da transição epitélio-mesenquimal induzida por TGF-²1 na sensibilidade à cisplatina em tumores de células germinativas

Processo: 18/18808-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Pesquisador responsável:Mariana Tomazini Pinto
Beneficiário:Larissa Alessandra Bourdeth Pereira
Instituição-sede: Hospital do Câncer de Barretos. Fundação Pio XII (FP). Barretos , SP, Brasil
Assunto(s):Biologia molecular   Farmacologia molecular   Progressão tumoral   Células germinativas   Cisplatino   Epitélio

Resumo

Os tumores de células germinativas (TCGs) são neoplasias benignas ou malignas, divididos em seminomatosos e não seminomatos, com diferentes graus de diferenciação e que podem ocorrer em sítios gonadais ou extragonadais. O tratamento dos TCGs é de acordo com a histogênese apresentada pelo tumor, mas é sabido que o tratamento com cisplatina tem grande relevância quando observada a sobrevida dos pacientes. Um dos mecanismos relacionados com a progressão tumoral, metástase e resistência a drogas é a transição epitélio-mesenquimal (EMT). A EMT é um processo caracterizado por uma mudança no fenótipo da célula epitelial para um fenótipo mesenquimal, concedendo à célula capacidade de migração e invasão celular. Essa transição pode ser induzida por diversos fatores, sendo o principal deles o fator de crescimento transformador beta (TGF-ß). No entanto, o efeito da cisplatina na EMT induzida por TGF-ß1 em TCGs não foi investigado. Dessa forma, o objetivo desse estudo é avaliar o efeito da EMT induzida por TGF-²1 na sensibilidade à cisplatina em TCGs. Para o desenvolvimento desse trabalho, a linhagem celular de carcinoma embrionário humano (NTERA-2) será tratada em três condições distintas: i) TGF-ß; ii) Cisplatina; iii) TGF-ß+Cisplatina. Após os tratamentos, a expressão dos genes relacionados com a EMT será avaliada por PCR em tempo real e a análise de proteínas por Western blot. A capacidade de migração celular também será avaliada. O entendimento do efeito da EMT na sensibilidade à cisplatina permitirá uma melhor compreensão do fármaco, bem como contribuirá para o desenvolvimento de novas abordagens terapêuticas.