Busca avançada
Ano de início
Entree

Diversidade e evolução de populações brasileiras

Processo: 18/01371-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2019
Vigência (Término): 30 de abril de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Tábita Hünemeier
Beneficiário:Marcos Araújo Castro e Silva
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/26875-9 - Diversidade genômica dos nativos americanos, AP.JP
Assunto(s):Genética populacional   Comunidade negra   Brasileiros   Africanos

Resumo

A população brasileira é resultado do encontro de três grupos continentais: ancestrais, europeus, africanos e nativos americanos. O registro histórico sugere que os escravos africanos foram trazidos de diferentes regiões da África (por exemplo, Angola, Congo, Moçambique), mas a forma como esses grupos se dispersou ao chegar aqui, e a dinâmica de mestiçagem dos mesmos com nativos americanos e europeus não estão bem documentadas. Nos últimos anos, a análise da ascendência genética tornou-se uma ferramenta importante para desvendar a história e a origem das populações humanas. O presente projeto visa analisar 541 indivíduos de comunidades quilombolas genotipadas para 600 mil marcadores autossômicos, tendo como objetivo compreender a formação e a dinâmica da mistura nas comunidades quilombolas, bem como identificar, através de análises de ascendência local, as linhagens nativas americanas presentes no genoma dos remanescentes quilombolas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)