Busca avançada
Ano de início
Entree

Inovações alimento-água-energia globalmente e localmente sustentáveis em Laboratórios Urbanos Vivos - GLOCULL - projeto: dinâmicas locais e conflitos sobre múltiplos interesses e usos na Billing a partir da abordagem do nexo

Processo: 18/21362-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2019
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Convênio/Acordo: Belmont Forum
Pesquisador responsável:Gabriela Marques Di Giulio
Beneficiário:Michele Dalla Fontana
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/50423-6 - Globally alimento-água-energia globalmente e localmente sustentável em laboratórios urbanos vivos , AP.R
Assunto(s):Sustentabilidade   Alimentos   Água   Energia   Recursos hídricos   Represas   Laboratórios

Resumo

Muitas cidades em todo o mundo têm experimentado soluções inovadoras para os desafios relacionados à alimentação, água e sistema de energia. Questões relacionadas a essa tríade estão fortemente conectadas, tanto localmente como globalmente - essa é base da abordagem conhecida como Nexo Alimento-Água-Energia (FWE, da sigla em inglês para Food-Water-Energy). Como resultado dessas interconecções, uma solução efetiva para um problema hídrico local, por exemplo, pode resultar em novos problemas relacionados a alimento ou energia, ou ainda trazer novos problemas hídricos numa escala global. Para os atores locais, certamente há dificuldades em antecipar se as soluções pretendidas para resolver pontualmente questões relacionadas à esssa abordagem do Nexo são sustentáveis em termos de sistemas hídricos, alimentares ou energéticos, nas escalas locais e globais. Neste sentido, o projeto GLOCULL busca desenvolver uma abordagem inovadora para produzir soluções criativas aos desafios associados ao Nexo FWE, dentro de perspectivas sustentáveis localmente e globalmente, por meio de experimentos em Laboratórios Urbanos Vivos em sete países, incluindo Austria, Brasil, Alemanha, Holanda, Suécia, África do Sul e Estados Unidos. (AU)