Busca avançada
Ano de início
Entree

Jogadores de futebol como trabalhadores do esporte: aproximando aposentadoria e direitos previdenciários a partir da sociologia econômica

Processo: 17/27070-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Pesquisador responsável:Maria Chaves Jardim
Beneficiário:Thierry Gabriel Varela
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Sociologia econômica   Direito previdenciário   Aposentadoria   Jogadores de futebol

Resumo

Trata-se de um projeto que busca investigar as expectativas pós-aposentadoria de uma pequena amostra de jogadores de futebol de um clube do interior paulista. A inspiração para essa pesquisa deu-se com a observação empírica de que, apesar da importância cultural do futebol como esporte nacional e valores econômicos significativos movimentados por esse mercado, existe a impossibilidade de aposentadoria formal do atleta profissional de futebol nos termos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Diante desse contexto, surgem as perguntas que motivam esse estudo: Para onde recorre o atleta em fim de carreira para garantir segurança e estabilidade financeira? Quais suas estratégias de sobrevivência ao final da vida ativa, que no futebol termina precocemente, na faixa dos 35 anos? Para responder a essas perguntas iremos realizar uma pesquisa de campo junto aos jogadores da Associação Ferroviária de Esportes de Araraquara, dando atenção para as falas e discursos dos jogadores que estão na ativa em torno de seu futuro pós-carreira futebolística. Para complementar os dados, também conversaremos com jogadores que já se aposentaram; finalmente, estaremos atentos ao texto da Lei Pelé e suas implicações normativas.