Busca avançada
Ano de início
Entree

Trajetórias populares no processo de requalificação do Centro de São Paulo: uma análise da construção da permanência no território

Processo: 18/16188-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2018
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Paula Freire Santoro
Beneficiário:Camila Campos de Almeida
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Planejamento territorial urbano   Intervenção urbana   Parceria público-privada   Áreas centrais   São Paulo

Resumo

Esta pesquisa se propõe a entender como as trajetórias populares têm se costurado no centro de São Paulo, no atual contexto de pressão por "requalificação" da região. Uma série de intervenções, propostas tanto pelo poder público quanto pelo setor privado, têm visado transformar o centro, a partir, especialmente, da atração de novos moradores de classe média para a área. Dentre as intervenções, está a Parceria Público-Privada (PPP) do governo do Estado de São Paulo que prevê a construção de um hospital na quadra 36 do bairro de Campos Elíseos, na região conhecida como Cracolândia. Nesse contexto, esta pesquisa se propõe a acompanhar as trajetórias das famílias removidas pelo poder público para a realização desse projeto - que está situado dentro de uma Zona Especial de Interesse Social - com foco em entender como elas constroem sua permanência no centro da cidade de São Paulo, mesmo frente às ameaças que forçam ou pressionam seu deslocamento. A análise permitirá verificar como as intervenções que pressupõem a "requalificação" do centro têm transformado o território e as resistências da população que nele habita, com um olhar que parte das trajetórias de vida das famílias. (AU)