Busca avançada
Ano de início
Entree

Fontes, alvos e respostas biológicas de espécies tripletes e oxigênio singlete: patogenicidade e supressão

Processo: 18/25842-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2019
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Radiologia e Fotobiologia
Pesquisador responsável:Etelvino José Henriques Bechara
Beneficiário:Leticia Christina Pires Gonçalves
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/22501-2 - Quimiexcitação eletrônica em sistemas biológicos: bioluminescência e 'foto'química no escuro, AP.TEM
Assunto(s):Peroxidases   Radicais livres   Quimiluminescência

Resumo

O Laboratório de Bioluminescência de Fungos (LBF), do Instituto de Química da Universidade de São Paulo (IQ-USP), através do projeto Temático da FAPESP "Quimiexcitac'ao Eletronica em Sistemas Biologicos: Bioluminescencia e 'Foto'quimica no Escuro", oferece duas bolsas de Pós-Doutorado com título de Doutor obtido há no máximo 7 (sete) anos. O sub-projeto que embasa a bolsa aqui solicitada de pós-doutoramento (Metas 1-4) propõe investigar mecanismos de geração radicalar ou enzimática de espécies quimiexcitadas eletronicamente em sistemas biológicos, capazes de causar danos em proteínas e DNA e disparar respostas adversas. Entre elas, a (i) a dimerização ciclobutânica de pirimidinas de DNA, mutagênica, na ausência de luz e sua supressão por sorbatos, (ii) modificação de hemeproteinas (HRP, mioglobina, hemoglobina) na presença de H2O2, com perda de atividade peroxidásica, (iii) busca de novas fontes de oxigênio singlete, especificamente acroleina, presente em alimentos termoprocessados de alimentos, e formilhidrazina, encontrada em algumas espécies de cogumelos tóxicos (ex, Gyromitra esculenta)e (iv) geração enzimática de produtos carbonílicos tripletes, em sistemas-modelo de estresse oxidativo e carbonílico. Estudos cineticos, espectroscópicos, marcac'ao isotopica e métodos fotoquimicos e fotofisicos serão abordagens experimentais utilizadas para desenvolvimento do projeto. Este projeto visa acumular conhecimento subjacente ao campo de quimiexcitação eletrônica em biomedicina, desenvolver ferramentas bioanalíticas e promover colaborações internacionais.