Busca avançada
Ano de início
Entree

Alterações tridimensionais em pacientes com mordida aberta tratados com esporão colado associado ou não a build-ups posteriores: um ensaio clínico randomizado

Processo: 18/24003-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Ortodontia
Pesquisador responsável:Guilherme dos Reis Pereira Janson
Beneficiário:Arón Aliaga Del Castillo
Supervisor no Exterior: Lucia Helena Cevidanes
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Michigan, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:17/06440-3 - Tratamento da mordida aberta anterior com esporão colado associado a build-ups versus esporão colado convencional: um ensaio clínico randomizado, BP.DR
Assunto(s):Mordida aberta

Resumo

Introdução: A mordida aberta anterior está comumente relacionada com o aumento da dimensão vertical. Assim, alguns protocolos de tratamento precoce associam aparelhos que eliminam os hábitos deletérios com outros que produzem controle vertical dos dentes posteriores. A sobreposição de modelos digitais é usada para avaliar os efeitos tridimensionais do tratamento ortodôntico em algumas má-oclusões. No entanto, o uso deste método na avaliação do tratamento da mordida aberta anterior não tem sido reportado. Objetivo: Comparar as alterações tridimensionais em pacientes com mordida aberta anterior tratados com esporão colado associado ou não a build-ups posteriores. Material e Métodos: Cinquenta pacientes entre 7 e 11 anos de idade com mordida aberta anterior foram prospectiva e aleatoriamente alocados em um dos dois grupos de estudo. O grupo experimental consistiu de 25 pacientes tratados com esporão colado associado a build-ups posteriores, e o grupo controle consistiu de 25 pacientes tratados apenas com esporão colado. Modelos de estudo digitais, adquiridos a partir do escaneamento intraoral dos arcos dentários, foram obtidos ao início (T1) e após 12 meses do tratamento (T2). Sobreposições dos modelos digitais T1 e T2 serão realizadas no programa 3D SlicerCMF, baseadas em pontos e regiões de interesse. Serão medidas as distancias lineares tridimensionais e a quantidade de alterações direcionais em cada plano do espaço 3D (eixos x, y, e z: látero-lateral ou transversal, ântero-posterior ou sagital e superior-inferior ou vertical, respectivamente). O coeficiente de correlação intraclasse (ICC) e o teste de Bland Altman serão usados para avaliar a reprodutibilidade. Verificada a normalidade, comparações intergrupos serão realizadas com o teste t (P<0.05).