Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão de acetilcolinesterase de Atta Sexdens em células de insetos

Processo: 18/26632-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2019
Vigência (Término): 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química
Pesquisador responsável:João Batista Fernandes
Beneficiário:Melissa Tomaz Soares
Supervisor no Exterior: Jonathan Gershenzon
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : Max Planck Society, Jena, Alemanha  
Vinculado à bolsa:17/16005-2 - Estudo funcional de uma glucoronil hidrolase insaturada (UGL) de Leucoagaricus gongylophorus, fungo simbionte de formigas cortadeiras, BP.IC
Assunto(s):Bioquímica   Acetilcolinesterase

Resumo

A acetilcolinesterase (AChE) (EC 3.1.1.7) é a enzima responsável por catalisar a hidrólise do neurotransmissor acetilcolina, levando à liberação de acetato e colina. Nos insetos, a acetilcolina é um dos mais importantes neurotransmissores, e a inibição da AChE produz um colapso sináptico generalizado, causando a morte do inseto. A AChE é, portanto, um alvo importante para o desenvolvimento de novos inseticidas. Nós temos expressado uma AChE da formiga cortadeira Atta sexdens em Pichia pastoris. A enzima foi expressa no meio extracelular em uma forma solúvel e ativa. No entanto, não foi possível caracterizar a AChE devido ao baixo rendimento da enzima de expressão. Para realizar estudos estruturais, é necessário aumentar o rendimento de expressão e melhorar a purificação da enzima. O sistema de expressão de proteína recombinante alternativa (tal como células de insecto) pode ser um aliado para rendimentos de enzima melhorados. O Prof. Jonathan Gershenzon é o Diretor do Departamento de Bioquímica do Instituto Max Planck de Ecologia Química, Jena, Alemanha. Ele estudou a biossíntese de compostos putativos de defesa de plantas para explorar seus papéis ecológicos. O Dr. Gershenzon é um renomado cientista, tendo publicado 19 artigos apenas em 2018 em periódicos importantes. Um dos nove grupos de projetos do Departamento de Bioquímica, coordenado pelo Dr. Daniel Giddings Vassao, usou culturas de células de insetos como um sistema de expressão de proteínas recombinantes. Esperamos que este sistema seja bom o suficiente para expressar a enzima AChE para a continuidade de seus estudos de caracterização. O estágio de 4 meses de Melissa T. Soares, proposto neste projeto, proporcionará ao aluno uma experiência fantástica em um importante grupo de pesquisa, como o Dr. Gershenzon, e sem dúvida contribuirá grandemente para sua carreira acadêmica.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.