Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da fototerapia com diodo emissor de luz (LED) sobre as capacidades de força e resistência em atletas de ciclismo

Processo: 17/13997-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2018
Vigência (Término): 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Rinaldo Roberto de Jesus Guirro
Beneficiário:Gabriela de Carvalho
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Desempenho atlético   Fototerapia   Fisioterapia   Força muscular

Resumo

Introdução: A fototerapia é um recurso terapêutico de crescente utilização na última década. Os seus efeitos fotobiomoduladores são produzidos por meio de lasers de baixa intensidade ou diodo emissor de luz (LED - light emitting diode), sendo seus efeitos teciduais equivalentes. O uso do LED como fonte de luz é promissor por seu baixo custo, porém não há estudos suficientes que respaldam o seu uso em atletas, com enfoque da melhora da performance. Além da carência da amostra, também não há consenso quanto ao uso de diferentes comprimentos de onda para o LED na literatura, abrindo assim, lacunas para o melhor protocolo de aplicação dessa técnica. Portanto um estudo que avalie o uso do LED em atletas, com diferentes comprimentos de onda, para melhora da performance se faz necessário. Objetivo: Analisar os efeitos agudos da aplicação da fototerapia LED nas capacidades de força e resistência a fadiga de atletas de ciclismo. Método: A amostra do estudo será composta por 36 atletas ciclistas, do sexo masculino, alocados de forma randomizada em três grupos: Grupo LED infravermelho (G-I), Grupo LED vermelho (G-V) e Grupo sham (G-S). Os atletas serão submetidos à uma bateria de testes, para avaliação de performance os quais consistem em avaliação de potência e limiar anaeróbio e aeróbio, bioimpedância, termografia infravermelha, análise de creatina quinase (CK) e lactato sanguíneo, mensuração do fluxo sanguíneo muscular local, análise de gases, além das avaliações isocinética, eletromiográfica e biomecânica. Após 24 horas da realização dos testes, será aplicado o LED (30 J) sobre o músculo quadríceps femoral bilateralmente, sendo realizados os mesmos testes após 24 horas da aplicação. Na 1a e 4a semana, após aplicação, serão realizadas as avaliações isocinética e eletromiográfica. Para análise dos dados, será utilizado teste de normalidade para se verificar a distribuição e testes estatísticos condizentes para as devidas comparações intra e intergrupos, sendo considerados dois fatores nas comparações, tempo e grupo. Será adotado um nível de significância de 5%.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GOBBI, ALINE; DE CARVALHO, GABRIELA; SAPALO, ANDRE TIMOTEO; DE JESUS GUIRRO, RINALDO ROBERTO. Acute application of photobiomodulation does not bring important gains for the muscular performance and functionality of diabetic individuals. Lasers in Medical Science, AUG 2020. Citações Web of Science: 0.
DE CARVALHO, GABRIELA; GOBBI, ALINE; GOBBI, RONALDO BUCKEN; NGONGA ALFREDO, DAMIAO MIRANDA; DO CARMO FURQUIM, THALES HENRIQUE; BARBOSA, RAFAEL INACIO; PAPOTI, MARCELO; DE JESUS GUIRRO, RINALDO ROBERTO. Photobiomodulation by light emitting diode applied sequentially does not alter performance in cycling athletes. Lasers in Medical Science, FEB 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.