Busca avançada
Ano de início
Entree

Filmes nanoestruturados aplicados em biossensores microfluídicos para detecção de mastite bacteriana

Processo: 18/18953-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2019
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Luiz Henrique Capparelli Mattoso
Beneficiário:Andrey Coatrini Soares
Instituição-sede: Embrapa Instrumentação Agropecuária. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Técnicas biossensoriais   Staphylococcus aureus

Resumo

O estudo e desenvolvimento de biossensores tem se estendido para o uso de dispositivos microfluidicos, funcionalizados com biomoléculas, que permitem miniaturização, baixo custo e rapidez nos resultados. Neste projeto, biossensores serão desenvolvidos a partir de dispositivos microfluídicos, funcionalizados com diferentes arquiteturas moleculares para detecção de mastite bacteriana em amostras de leite. A primeira parte do projeto prevê a fabricação de arquiteturas moleculares construídas por automontagem, combinando as propriedades da quitosana, sulfato de condroitina e sericina, seguida da caracterização das nanoestruturas. A partir da otimização das condições de fabricação, as melhores arquiteturas moleculares serão funcionalizadas com anticorpos Anti S-aureus para detecção de Staphylococcus aureus. Será empregada espectroscopia de impedância elétrica para obtenção de curvas de calibração, que serão usadas no estabelecimento de modelos de adsorção nos biossensores e análises de amostras de leite contaminadas com bactérias, obtidas na Embrapa Gado de Leite. Além das detecções, análises sobre seletividade e falsos positivos dos biossensores serão realizadas por mapas de visualização de informações, otimizando as unidades sensoriais para detecções específicas. Finalmente, estudos sobre morfologia e interações químicas serão realizados com espectroscopia no infravermelho com modulação da polarização,e microscopia de força atômica. A combinação das técnicas de caracterização e detecção otimizará o desempenho quanto à sensibilidade e seletividade para detecção da mastite e análise da qualidade do leite.