Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da toxicidade aguda in vivo do extrato etanólico das folhas de Stizophyllum perforatum e estudo químico associado à avaliação das atividades antiparasitária e citotóxica in vitro

Processo: 17/24860-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2019
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Patricia Mendonça Pauletti
Beneficiário:Osvaine Junior Alvarenga Alves
Instituição-sede: Pró-Reitoria Adjunta de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca , SP, Brasil
Assunto(s):Química de produtos naturais   Bignoniaceae   Antiparasitários   Tripanossomicidas   Toxicidade   Citotoxicidade   Cromatografia   Fitoquímica

Resumo

O estudo químico e a avaliação do potencial biológico do extrato etanólico das folhas de Stizophyllum perforatum vêm sendo realizado pelo nosso grupo de pesquisa, pois apresentou atividade leishmanicida, com índice de seletividade de 28,67, quando avaliado em linhagem de células normais, sendo por isso considerado promissor e seletivo para o parasita. A fração AcOEt ativa, neste protozoário, foi purificada e resultou até o presente momento no isolamento do ácido ursólico, ácido oleanólico e verbascosídeo, outras substâncias foram isoladas também, porém estão em fase de determinação estrutural. A proposta deste projeto de pesquisa é continuar os estudos com esta espécie com os objetivos de avaliar a toxicidade aguda deste extrato ativo, obter um perfil químico do extrato por CLAE-DAD e CLAE-EM e quantificar o marcador verbascosídeo, isolar e identificar os componentes de interesse do extrato etanólico de S. perforatum com uso potencial como leishmanicida e antimalárico, bem como avaliar também as propriedades citotóxicas. As metodologias de análise a serem utilizadas no estudo fitoquímico serão as técnicas cromatográficas (CC, CCDC, CG-EM, CLAE-DAD e CLAE-EM) e as substâncias serão identificadas por métodos espectroscópicos. Por fim, este projeto contribuirá com o projeto de auxílio à pesquisa "Estudo fitoquímico e avaliação das atividades esquistossomicida, citotóxica e leishmanicida de plantas do Cerrado." (Processo no 2016/10313-4), com a formação de recursos humanos e com o Programa de Pós-graduação em Ciências da UNIFRAN (Capes, conceito 5). (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.