Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da suplementação de microminerais injetáveis sobre o estresse oxidativo, parâmetros imunológicos e desempenho reprodutivo de vacas leiteiras submetidas a condições de estresse térmico no período de transição

Processo: 18/24602-3
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 15 de abril de 2019
Vigência (Término): 14 de abril de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Pesquisador responsável:Arlindo Saran Netto
Beneficiário:Thiago Henrique da Silva
Supervisor no Exterior: Vinicius Silva Machado
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Local de pesquisa : Texas Tech University (TTU), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:17/03759-9 - Uso de terapia homeopática na fase de recria de bezerras Holandesas como estratégia de mitigação do estresse e melhora do desempenho até a primeira lactação, BP.DR
Assunto(s):Estresse oxidativo   Minerais   Neutrófilos

Resumo

Vacas leiteiras que passam pelo período de transição em temperaturas ambientes elevadas experimentam graus mais elevados de perdas produtivas e reprodutivas além de enfrentarem aumento do grau de estresse oxidativo e imunossupressão. No estudo proposto, pretendemos avaliar se o microminerais injetáveis (MMI) melhoraria o estado oxidativo e imunológico, bem como os resultados reprodutivos de vacas leiteiras submetidas ao período de transição em condições de estresse térmico. Os resultados deste estudo fornecerão informações cruciais aos produtores de laticínios em relação a estratégias alternativas para mitigar a carga de estresse por calor em áreas de clima quente. O estudo será realizado durante os meses de verão (junho a agosto) em uma fazenda leiteira comercial localizada no leste do Novo México ou no oeste do Texas. As vacas são alojadas em currais de lotes secos com áreas sombreadas e são alimentadas com uma dieta formulada para atender ou exceder as exigências de nutrientes da NRC para vacas da raça Holandesa em lactação pesando 650 kg e produzindo 45 kg de 3,5% de FCM. Com base em dados previamente relatados, esperamos que o MMI aumente a concepção por inseminação artificial (IA) na primeira IA em 9 unidades percentuais (por exemplo, 30% a 39%). Considerando um nível de significância de ± = 0,05 e um poder de 80%, um total de 437 vacas deve ser registrado em cada grupo de tratamento. Considerando problemas experimentais, um tamanho de amostra conveniente de 500 vacas / tratamento será usado. Assim, um total de 1000 vacas multíparas serão alocadas aleatoriamente em 1 de 2 grupos de tratamentos: MMI ou controle. As vacas que foram aleatoriamente designadas para o grupo MMI receberão 3 injeções de minerais contendo Zn, Cu, Se e Mn (Multimin North America, Inc., Fort Collins, Co) a 230 ± 3 e 260 ± 3 d de gestação, e aos 35 ± 3 dias pós-parto (aproximadamente 4 semanas antes da primeira IA); seguindo as recomendações de dosagem do fabricante para bovinos com mais de 2 anos de idade. Para um subgrupo de 100 vacas, serão coletadas amostras de sangue para medir os níveis de biomarcadores circulantes de estresse oxidativo (superóxido desmutase, glutationa peroxidase; substâncias reativas à ácido Tiobarbitúrico) além do hemograma, fagocitose e queima oxidativa de neutrófilos e e haptoblobina. Análises bromatológicas serão feitas na dieta pré e pós parto semanalmente. Dados relativos à eficiência reprodutiva serão extraídos da base de dados do software da fazenda (DairyComp305, Tulare, CA).

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.