Busca avançada
Ano de início
Entree

Qual é a janela tempo-resposta ideal para o uso da terapia de fotobiomodulação (TFBM) para a melhora da performance no exercício? ensaio clínico, randomizado, placebo-controlado e triplo-cego

Processo: 18/16547-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 27 de janeiro de 2019
Vigência (Término): 26 de julho de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Ernesto Cesar Pinto Leal Junior
Beneficiário:Ernesto Cesar Pinto Leal Junior
Anfitrião: Jan Magnus Bjordal
Instituição-sede: Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Campus Vergueiro. São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Bergen, Noruega  
Assunto(s):Fototerapia   Terapia a laser

Resumo

A janela de tempo-resposta ideal para terapia de fotobiomodulação (TFBM) utilizando laserterapia de baixa potência (LBP) e/ou terapia com diodos emissores de luz (LEDT) antes da atividade física ainda não foi totalmente investigada. O objetivo do presente estudo será identificar a melhor de quatro janelas de tempo-resposta para o uso de TFBM antes do exercício em humanos. Para tal, inicialmente será realizado um estudo preliminar com 20 voluntários saudáveis e não treinados para determinar se existe diferença entre a mensuração da atividade de creatino quinase (CK) quando obtidas amostras por punção da veia antecubital ou por microdiálise junto ao músculo vasto lateral, utilizando um protocolo de exercício excêntrico em dinamômetro isocinético. Posteriormente, um ensaio clínico randomizado, placebo-controlado e triplo-cego será realizado. Cinquenta sujeitos saudáveis, não treinados, serão distribuídos aleatoriamente em cinco grupos experimentais: Placebo, TFBM 5 min, TFBM 3h, TFBM 6h e TFBM 1 dia. A TFBM será aplicada precisamente dois minutos após o teste contração voluntária máxima (CVM) basal. Então, após cinco minutos, 3, 6 horas ou 1 dia (24 horas) da TFBM será realizado o protocolo de exercício excêntrico. Serão analisados a contração voluntária máxima (CVM), a atividade da creatino quinase (CK) através do método determinado a partir do estudo preliminar, e dor muscular tardia (DMT). As avaliações serão realizadas no início do estudo (avaliação basal), imediatamente após, 1, 24 e 48 horas após o protocolo de exercício excêntrico.