Busca avançada
Ano de início
Entree

Características de tolerância à seca em feijoeiro comum

Processo: 18/25987-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2019
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Sérgio Augusto Morais Carbonell
Beneficiário:João Guilherme Ribeiro Gonçalves
Instituição-sede: Instituto Agronômico (IAC). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/50338-9 - Do básico ao aplicado: modernização da infraestrutura institucional para o fomento à pesquisa e à inovação do agronegócio (PDIp), AP.PDIP
Assunto(s):Melhoramento genético vegetal

Resumo

O desenvolvimento de cultivares tolerantes à seca, com qualidade comercial e alto potencial genético para o aumento da produtividade, é o principal objetivo do programa de melhoramento genético do feijoeiro. Este projeto será realizado com o objetivo de estruturar o programa de melhoramento genético do IAC para o desenvolvimento de cultivares tolerantes à seca. Os objetivos específicos consideraram: analisar 132 progênies F2 de um dialelo de 12 progenitores superiores do banco de germoplasma do IAC sob restrição hídrica; avaliar caracteres de produção aliados aos caracteres fisiológicos como critérios de seleção indireta; e realizar o avanço de gerações visando obter populações e linhagens tolerantes à seca. Conjuntamente, pretendem-se selecionar linhagens portadoras de resistência a antracnose e murcha de fusarium, duas das principais doenças que afetam o feijoeiro, além de características tecnológicas intrínsecas aos grãos, como baixo tempo de cozimento e alto teor de proteína. Os resultados dessa pesquisa deverão incrementar o desenvolvimento de produtos da cadeia do feijão, o número de cultivares registrados no MAPA e criar novas opções para o setor produtivo.