Busca avançada
Ano de início
Entree

Qualidade de vida, suporte social e fragilidade em idosos atendidos em centro de referência de assistência social

Processo: 18/24416-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2019
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Serviço Social - Serviço Social Aplicado
Pesquisador responsável:Marisa Silvana Zazzetta
Beneficiário:Larissa Cayla Cesário
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Assistência social   Geriatria   Idosos   Idoso fragilizado   Fragilidade   Vulnerabilidade social   Qualidade de vida

Resumo

O envelhecimento em concomitância com fragilidade pode sobrecarregar os sistemas de saúde e assistência social que tem como público alvo os idosos. Avaliar pessoas idosas em contexto de vulnerabilidade social contribuirá com dados para a tomada de decisões e melhora de ações e propostas dos equipamentos que atendem a essas pessoas. Objetivo: Analisar a fragilidade de idosos residentes em bairros com vulnerabilidade social e cadastrados em Centro de Referência de Assistência Social em relação à qualidade de vida, cognição, percepção de saúde, relações familiares e sociais em um município do interior do Estado de São Paulo. Métodos: Estudo observacional, de natureza analítica com a utilização do método quanti-qualitativo de investigação, com o uso das seguintes técnicas: observação, entrevista semi-estruturada com aplicação de instrumentos de avaliação e rastreio de condições de saúde e psicossociais de idosos. Os instrumentos serão: Escala de Fragilidade de Edmonton para avaliar a fragilidade, WHOQOL-bref e o WHOQOL-old para verificar qualidade de vida, The Montreal Cognitive Assesstment para rastrear comprometimento cognitivo, Genograma, Ecomapa e Medical Outcomes Study para verificar rede de suporte e apoio social. Os dados serão analisados mediante estatística descritiva com confecção de tabelas de frequência, medidas de posição e dispersão para os quantitativos. Para comparação entre grupos será utilizado o teste de Mann-Whitney e Kruskal-Wallis, o teste qui-quadrado de Pearson, ou o teste exato de Fisher para comparação das variáveis categóricas. Os dados qualitativos serão analisados mediante método de análise de conteúdo. Hipótese: Espera-se que o desenvolvimento desse projeto possibilite oferecer avanços no conhecimento acerca da influência de fatores sociais em pessoas idosas frágeis e suas famílias.