Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise computacional da dispersão de fármacos injetados por via intratecal

Processo: 18/19419-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2019
Vigência (Término): 16 de março de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica - Bioengenharia
Pesquisador responsável:Bruno Souza Carmo
Beneficiário:Fernanda Teixeira Costa
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/10704-1 - Análise in vitro e computacional da dispersão de medicamentos injetados por via intratecal, BE.EP.IC
Assunto(s):Mecânica dos fluidos   Sistemas de liberação de medicamentos   Injeções espinhais   Transporte de massa   Barreira hematoencefálica   Simulação por computador   Análise custo-benefício

Resumo

A administração intratecal de medicamentos é uma opção atraente para contornar a barreira hemato-encefálica no tratamento da dor e espasticidade, apresentando maior eficácia no tratamento com redução de efeitos colaterais e melhor relação custo benefício. Todavia, não existem normas claras que guiem o melhor tipo de programação das bombas de infusão para que sejam atingidos os melhores resultados possíveis. Atualmente, a escolha dos parâmetros e modos de fluxo das bombas de infusão é realizada empiricamente, não existindo método que avalie como a dispersão dos fármacos no espaço liquórico se altera com os diferentes modos de programação. O objetivo deste estudo é usar modelagem e simulação computacionais para prever a distribuição de fármacos no espaço subaracnóideo de pacientes reais, analisando variações nas configurações de infusão. Casos representativos de pacientes com lesões no sistema nervoso central serão avaliados, bem como a dinâmica do escoamento do líquido cefalorraquidiano.