Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito de inibidores de histona deacetilase no tratamento de linhagens de carcinoma mucoepidermóide, com foco em marcadores de células tronco tumorais: estudo in vitro

Processo: 18/22132-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Fabio Daumas Nunes
Beneficiário:Daniele Maria Heguedusch Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Patologia bucal   Quimioterapia   Carcinoma mucoepidermoide   Células-tronco neoplásicas   Histonas   Técnicas in vitro

Resumo

Entre os tumores malignos da glândula salivar, o carcinoma mucoepidermoide (CME) é o mais prevalente. Com uma alta resistência ao tratamento antitumoral convencional, a cirurgia associada à radioterapia é o tratamento eletivo atual para o CME, deixando sequelas graves e comprometendo a qualidade de vida dos indivíduos afetados. Em geral, tumores de glândula salivar respondem pouco à quimioterapia, e atualmente a quimioterapia adjuvante é usada de forma paliativa. Por isso, estudos procurando tratamentos alternativos que promovem alta citotoxicidade para as células tumorais, mas baixa citotoxicidade para as células normais, são necessários para o CME e tumores de glândula salivar. Alvos interessantes para tratamento de tumor são as células tronco tumorais, e estudos recentes têm demonstrado a sua existência no CME. Estas células expressam CD44 e ALDH1, são resistentes aos tratamentos anti-tumorais e, in vivo, são capazes de iniciar novo tumor. Estudo prévio de nosso grupo de pesquisa observou que, entre 133 quimioterápicos com aprovação pela FDA e testados com células de CME, foram encontrados os inibidores de histona deacetilase Panobinostate e Romidepsina como eficazes contra este tumor. Com base nesses fatos, este projeto se propõe a avaliar o efeito, in vitro destas 2 substâncias químicas sobre células que expressam marcadores de células tronco tumorais em linhagens de carcinoma mucoepidermoide de glândula salivar.