Busca avançada
Ano de início
Entree

Mecanismos de formação de aerossóis orgânicos secundários no solo, na torre ATTO e no avião halo

Processo: 18/26375-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2019
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geofísica
Pesquisador responsável:Paulo Eduardo Artaxo Netto
Beneficiário:Milena Ponczek
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/17047-0 - O ciclo de vida de aerossóis e nuvens na Amazônia: emissões biogênicas, emissões de queimadas e impactos no ecossistema, AP.PFPMCG.TEM
Assunto(s):Mudança climática   Aerossóis   Poluição   Meio ambiente   Amazônia

Resumo

Este projeto de pós-doutorado tem como foco investigar os mecanismos de interação de compostos orgânicos voláteis biogênicos (BVOCs) - Seco Organic Aerosol (SOA), no solo sob a copa, no topo da torre ATTO (325 metros) e até 12 Km de altitude, com medições no avião alemão HALO. A instrumentação consistirá de monitor de especiação química de aerossol em tempo real (ACSM) e medições de VOC com Espectrometria de Massa de reação de Transferência de Proton - PTRMS. Instrumentação adicional deve fornecer distribuição de tamanho de aerossol, propriedades ópticas de aerossol, CO / CO2, O3, SO2, composição elementar, análise OC-EC, etc. As medições serão feitas na torre ATTO, em barcos fluviais no oeste da Amazônia e na alta HALO. plano de altitude. Esperamos estudar em detalhes a relação entre VOCs e SOA, contribuindo para a compreensão da formação de partículas e estudos dos efeitos climáticos da SOA através de interações com nuvens, precipitação e balanço de radiação sobre a Amazônia Central.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.