Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise das políticas de redução da mortalidade materna no município de São Paulo

Processo: 18/23287-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Sociologia da Saúde
Pesquisador responsável:Deivison Mendes Faustino
Beneficiário:Amanda Silva Teixeira
Instituição-sede: Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Guarulhos. Guarulhos , SP, Brasil
Assunto(s):Políticas públicas de saúde   Acesso aos serviços de saúde   Mortalidade materna   Negros   Mulheres   Saúde da mulher   Coleta de dados   São Paulo (SP)

Resumo

O presente projeto toma a Política Nacional de Saúde Integral da População Negra como referência analítica para a avaliação das ações de equidade racial nas políticas públicas de enfrentamento à mortalidade materna, do Comitê de Mortalidade Materna do município de São Paulo. A saúde reprodutiva das mulheres negras é um tema nem sempre visível nas pesquisas e políticas de saúde voltada às mulheres no Brasil. Entretanto, estudos diversos vêm apontando um perfil racial nas disparidades no acesso à saúde, em especial, no que tange às mortes ocorridas em função do parto. A pesquisa, de caráter qualitativo, lança mão de instrumentos de coleta de dados e análise próprios à "análise de política", objetivando apreender qual é o espaço da temática "equidade racial" nas políticas e ações do Comitê. Espera-se ao final, obter subsídios técnicos e políticos para qualificar a atenção a saúde deste público nas ações de prevenção à morte materna.