Busca avançada
Ano de início
Entree

Fotobiomodulação como terapia complementar no tratamento de feridas diabéticas: efeitos sobre a sensibilidade dolorosa exteroceptiva, processo de cicatrização e possíveis mecanismos moleculares

Processo: 18/18483-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Camila Squarzoni Dale
Beneficiário:Victória Regina da Silva Oliveira
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Diabetes mellitus   Ferimentos e lesões   Úlcera   Cicatrização   Polimorfismo genético   Metaloproteinase 9 da matriz   Queratinócitos   Terapia a laser de baixa intensidade   ELISA

Resumo

O Diabetes Mellitus (DM) atinge cerca de 425 milhões pessoas mundialmente sendo que o Brasil ocupa atualmente a quarta posição. Dentre as diversas complicações, pacientes diabéticos são frequentemente acometidos por úlceras, responsáveis por cerca de 60% das amputações não traumáticas de membros inferiores, resultando numa alta morbi-mortalidade, com perdas importantes na qualidade de vida e com grande impacto socioeconômico. O tratamento convencional para as feridas diabéticas está restrito à realização de curativos e debridamento, que além de dolorosos, são geralmente longos e dependem da ativa colaboração dos pacientes, sendo necessário desenvolvimento de protocolos adicionais de tratamento capazes de gerar mais benefícios a estes pacientes a curto prazo. Ainda, foi demonstrado que polimorfismos do gene para metaloproteinase da matriz-9 (MMP-9) em pacientes diabéticos podem estar relacionados com uma maior susceptibilidade para o desenvolvimento de feridas e úlceras. A terapia por fotobiomodulação (FBM) apresenta efeitos positivos na redução da sintomatologia dolorosa e proliferação celular, favorecendo o reparo tecidual e a cicatrização de feridas em pacientes diabéticos. No entanto, seus mecanismos de ação e protocolos de tratamento ainda são muito controversos na literatura. Portanto, conhecer o perfil genotípico dos pacientes diabéticos bem como estudar os mecanismos envolvidos no efeito da FBM sobre a cicatrização de úlceras diabéticas é de grande importância para o desenvolvimento de protocolos de tratamento específicos com melhores resultados a curto prazo. Considerando-se que o laser é uma terapia de baixo custo e não apresenta efeitos colaterais, é possível gerar mudanças diretas na forma de tratamento destes pacientes, reforçando o uso da FBM como uma ferramenta importante para o tratamento clínico da sintomatologia dolorosa e na cicatrização de feridas em pacientes diabéticos. Para tanto este projeto tem por objetivos: a) avaliar o efeito terapêutico da FBM na sensibilidade exteroceptiva e cicatrização de feridas em pacientes diabéticos; b) correlacionar os polimorfismos para o gene da MMP9 -1562 C/T com o desenvolvimento de feridas e prognóstico de tratamento de pacientes diabéticos avaliada por PCR-RFLP; c) avaliar, in vitro, o efeito da FBM sobre a concentração de metaloproteinase de matriz (MMP-9) por ELISA e sobre o perfil de cicatrização por meio da detecção de VEGF, IL-6, IL-10 e TIMP-1 por western blotting, e d) avaliar o envolvimento da FBM na ativação da via Erk1D2 e JNK-MAPK em culturas de queratinócitos de pacientes diabéticos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ALONSO-MATIELO, HELOISA; GONCALVES, ELIZAMARA S.; CAMPOS, MARIANA; OLIVEIRA, VICTORIA R. S.; TONIOLO, ELAINE F.; ALVES, ADILSON S.; LEBRUN, IVO; DE ANDRADE, DANIEL C.; TEIXEIRA, MANOEL J.; BRITTO, LUIZ R. G.; HAMANI, CLEMENT; DALE, CAMILA S. Electrical stimulation of the posterior insula induces mechanical analgesia in a rodent model of neuropathic pain by modulating GABAergic signaling and activity in the pain circuitry. Brain Research, v. 1754, MAR 1 2021. Citações Web of Science: 0.
ALONSO-MATIELO, HELOISA; DA SILVA OLIVEIRA, VICTORIA REGINA; DE OLIVEIRA, VICTHOR TEIXEIRA; DALE, CAMILA SQUARZONI. Pain in Covid Era. FRONTIERS IN PHYSIOLOGY, v. 12, FEB 2 2021. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.