Busca avançada
Ano de início
Entree

Comparação bilateral da gordura intramuscular e da atrofia em rupturas do manguito rotador

Processo: 18/24019-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Paula Rezende Camargo
Beneficiário:Gustavo Ricci Noés
Supervisor no Exterior: Amee Seitz
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : Northwestern University, Chicago, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:18/07104-0 - Descrição do arco doloroso e das lesões dos músculos supraespinal e infraespinal em indivíduos com quadro clínico de síndrome do impacto subacromial, BP.IC
Assunto(s):Ombro   Manguito rotador   Fisioterapia

Resumo

Objetivo. A infiltração de gordura intramuscular é o maior preditor de resultados cirúrgicos em pacientes com uma ruptura do manguito rotador. Fatores individuais, como idade, IMC, mostraram confundir a avaliação quantitativa da infiltração de gordura intramuscular. No entanto, esses fatores raramente são considerados na avaliação de pacientes com ruptura do manguito rotador. Portanto, o verdadeiro efeito das pequenas e médias rupturas do manguito rotador na infiltração e atrofia da gordura intramuscular permanece desconhecido. O objetivo deste estudo é avaliar os efeitos da patologia do manguito rotador na gordura intramuscular e atrofia e controlar confundidores individuais através da normalização do mesmo músculo no ombro não envolvido.Métodos. Imagens de ressonância magnética (RM) bilaterais, incluindo uma seqüência especializada de Dixon multi-eco gordura-água, foram capturadas em 3 grupos de indivíduos: controles saudáveis (n = 11), indivíduos com tendinopatia unilateral RC (n = 10) e indivíduos com ruptura unilateral do manguito rotador (n = 6 até à data; inscrever 10 no total). As sequências de água-gordura de Dixon serão usadas para quantificar a gordura intramuscular do manguito rotador (% gordura) e o volume muscular de ambos os ombros em todos os indivíduos. Uma razão entre o percentual de gordura e o volume muscular do ombro envolvido / não dominante para o ombro não envolvido / dominante será calculada e usada para comparação de grupo. Uma ANOVA será usada para determinar as diferenças nas taxas de infiltração de gordura e atrofia no manguito rotador entre os grupos com significância definida em ± <0,05.