Busca avançada
Ano de início
Entree

Isolamento, genotipagem e sequenciamento genômico de Bartonella spp. em pequenos mamíferos selvagens e ruminantes no Brasil

Processo: 18/19672-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2019
Vigência (Término): 30 de junho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Marcos Rogério André
Beneficiário:Renan Bressianini Do Amaral
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Marsupialia   Diversidade genética   Ovinos   Roedores

Resumo

Estima-se que 75% das doenças emergentes compreendam zoonoses, cuja maioria tem como fontes de infecção animais selvagens e é principalmente veiculada por vetores artrópodes. Dentre essas, destacam-se as bartoneloses, enfermidades causadas por patógenos pertencentes ao gênero Bartonella, os quais compreendem microrganismos Gram-negativos fastidiosos e altamente especializados em parasitar mamíferos. A Ordem Rodentia compreende o maior número de espécies de mamíferos, os quais atuam como importantes reservatórios para diversos agentes patogênicos. Poucos são os estudos objetivando a caracterização genotípica de Bartonella em roedores e marsupiais no Brasil e inexistentes são aqueles relacionados a pequenos ruminantes. O presente estudo tem como objetivo isolar e investigar a diversidade genética de Bartonella spp. em roedores selvagens e marsupiais amostrados na região do Pantanal sul-matogrossense, mais especificamente na fazenda de Nhumirim da Embrapa Pantanal/CPAP, região de Nhecolândia. Adicionalmente, serão colhidas amostras de sangue de ovinos em localidades nos estados do Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná. As amostras de sangue total dos animais e ectoparasitas vivos serão submetidos à cultura sólida em ágar chocolate para isolamento de Bartonella spp. As culturas positivas, assim como as amostras de DNA extraídas dos ectoparasitas e sangue/tecidos, serão submetidas a ensaios de PCR em tempo real e convencional baseados em diferentes alvos-gênicos (nuoG, pap-31, gltA, rpoB, ftsZ, groEL e ribC). A clonagem gênica dos fragmentos amplificados será utilizada para analisar a diversidade de genótipos circulantes em um mesmo hospedeiro (vertebrado ou ectoparasita). A técnica de Whole Genome Sequencing será utilizada para se determinar o genoma completo do genótipo isolado a partir de roedores e/ou marsupiais. As sequências obtidas serão submetidas à inferência filogenética utilizando-se os métodos de "Maximum Likelihood" e Bayesiana e à análise de rede de genótipos por Median Network. O presente estudo contribuirá para o estudo da diversidade genética de Bartonella spp. na fauna selvagem brasileira.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.