Busca avançada
Ano de início
Entree

Cinética de relaxação estrutural abaixo da temperatura de transição vítrea

Processo: 18/25490-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2019
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Edgar Dutra Zanotto
Beneficiário:Rodrigo Cardoso dos Passos
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07793-6 - CEPIV - Centro de Ensino, Pesquisa e Inovação em Vidros, AP.CEPID
Assunto(s):Cinética   Cristalização   Relaxação   Vidro   Viscosidade   Transição vítrea

Resumo

O fenômeno de relaxação é intrínseco a todos os materiais vítreos, mas pouco explorado em temperaturas significativamente inferiores à sua temperatura de transição vítrea (Tg). A proposta deste projeto é o estudo detalhado da cinética de relaxação estrutural de um vidro diopsídio (CaO.MgO.2SiO2) em várias temperaturas próximas e até bem abaixo de Tg. A relaxação estrutural será quantificada a partir de medidas da variação do índice de refração após tratamentos térmicos cumulativos. Pretendemos relacionar a cinética de relaxação com a cinética de escoamento viscoso deste material. Em conjunto com dados sobre a cinética de cristalização, já disponíveis para o diopsídio vítreo, buscaremos uma via para solucionar o Paradoxo de Kauzmann cuja temperatura onde a entropia de um líquido superesfriado é igual a entropia do cristal.