Busca avançada
Ano de início
Entree

Explorando a filogeografia e resolvendo a filogenia de agathistoma (gastropoda: turbinidae) através de rad-sequencing: genética de população de nova geração.

Processo: 18/25116-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 05 de agosto de 2019
Vigência (Término): 04 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Tito Monteiro da Cruz Lotufo
Beneficiário:Ana Paula Siqueira Dornellas
Supervisor no Exterior: Michael Hellberg
Instituição-sede: Instituto Oceanográfico (IO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Louisiana State University (LSU), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:16/13503-9 - Posicionamento filogenético do gênero agathistoma (Mollusca: Gastropoda: tegulidae) e filogeografia das espécies brasileiras: padrões de diversidade genética e morfológica, BP.PD
Assunto(s):Filogenia   Biogeografia   Sistemática

Resumo

O gênero Agathistoma é representado por cerca de 20 espécies viventes relativamente pequenas em tamanho, ocorrendo nas águas tropicais e subtropicais do Pacífico oriental, Mar do Caribe e sul do Atlântico ocidental. Três espécies de Agathistoma ocorrem no Brasil: A. patagonicum, A. viridulum e A. hotessierianum. Observamos que A. viridulum e A. hotessierianum apresentam uma distribuição antitropical; por outro lado, A. patagonicum é mais geograficamente restrita, porém apresenta uma grande variação morfológica de acordo com sua distribuição quando comparada com outras espécies do gênero. Contudo, não há conhecimento prévio sobre barreiras biogeográficas putativas atuando no fluxo gênico dessas populações. Os processos históricos de diversificação no Atlântico Ocidental podem ser melhores entendidos através dos estudos da biogeografia de Agathistoma. Por conta de sua distinta distribuição, é possível testar tais hipóteses biogeográficas, marcadas por disjunções, dispersões e extinções locais, por meio de suas impressões moleculares. No presente projeto, nós iremos desenvolver um conjunto de dados de polimorfismo de única base (SNP) através do sequenciamento de DNA associado a sítios de restrição de digestão dupla (ddRAD Seq), via sequenciamento de nova geração (NGS) de amostras das três espécies de Agathistoma ao longo de suas distribuições para identificarmos padrões e os processos filogeográficos que afetam essas espécies, juntamente com a inferência filogenética de Agathistoma também baseada em RAD Seq.