Busca avançada
Ano de início
Entree

O corpo biológico nas práticas médicas de tratamento da tuberculose: algumas tensões entre fronteiras

Processo: 19/00901-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2019
Vigência (Término): 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Teoria Antropológica
Pesquisador responsável:Taniele Cristina Rui
Beneficiário:Juliana Ramos Boldrin
Supervisor no Exterior: Amade M'Charek
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Amsterdam (UvA), Holanda  
Vinculado à bolsa:17/07301-7 - Do bacilo ao corpo doente: etnografia da produção da doença em um centro de referência no tratamento hospitalar da tuberculose, BP.MS
Assunto(s):Corpo   Tratamento   Tuberculose   Hospitais

Resumo

O presente projeto propõe um estágio de pesquisa como parte da bolsa de estudos FAPESP (número do processo no sage: 2017/07301-7). Pretende-se realizar um estágio no Departamento de Antropologia Cultural e Social da Universidade de Amsterdam, visando um aprofundamento das discussões metodológicas que emergiram a partir das tensões analíticas entre materiais bibliográficos e da pesquisa de campo no Brasil, bem como entrar em contato com recentes produções acadêmicas e recursos bibliográficos disponíveis na instituição. O principal foco será o tratamento analítico-metodológico do biológico, considerando suas implicações no entendimento do próprio corpo. Os objetivos secundários serão: (1) investigar como o tratamento analítico do corpo biológico a partir de uma abordagem que leva em consideração mediações e tecnologias se difere das abordagens perspectivalista e construtivista; (2) analisar diversos entendimentos do corpo na teoria social quando o foco analítico e metodológico é mudado e (3) aprofundar os debates em torno das práticas como unidade de análise.