Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do perfil de proteínas para o desenvolvimento intestinal e imunológico em cabras e vacas leiteiras

Processo: 19/02781-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2019
Vigência (Término): 19 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Francisco Leydson Formiga Feitosa
Beneficiário:Dielson da Silva Vieira
Supervisor no Exterior: Jiri Adamec
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária (FMVA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Nebraska-Lincoln (UNL), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:17/22041-1 - Proteoma da transição do colostro para o leite em cabras: interações protéicas para a maturação dos sistemas imunológico e digestivo do recém-nascido, BP.DR
Assunto(s):Biologia computacional   Proteínas   Proteômica   Ruminantes   Recém-nascido   Leite

Resumo

O leite é um dos alimentos mais consumidos no mundo, e seus benefícios para a saúde humana e animal se destacam ao longo dos anos. Devido ao fato da demanda relacionada à saúde, existem cerca de várias espécies de ruminantes, produzindo, portanto, leites com características diferenciais, que afetam diferentes pessoas e recém-nascidos de cada espécie. Sabe-se que os ruminantes possuem uma placenta distinta, e é por isso que o consumo de colostro nas primeiras horas de vida é fundamental, no qual bovinos, camelídeos, caprinos, búfalos e ovinos garantem diferentes tipos de imunidade aos seus recém-nascidos. Com base nas abordagens de mineração de dados e bioinformática, buscaremos compreender o perfil das proteínas presentes no leite relacionadas ao desenvolvimento e à saúde de neonatos em ruminantes. Assim, os resultados deste estudo contribuirão para a compreensão do perfil protéico presente nos artigos já publicados no mundo, e dessa forma será possível estabelecer que funções biológicas essas proteínas possuem, que vias são afetadas e como impactam a saúde do recém-nascido, além da saúde da mãe, refletindo também na saúde humana. Além disso, durante a estadia com o grupo de pesquisa da Universidade de Linconl, Nebraska, será possível seguir várias técnicas relacionadas à proteômica e metabolômica.