Busca avançada
Ano de início
Entree

Eficácia do chá mate (Ilex paraguariensis) descafeinado no controle da anemia em Ratos Wistar obesos

Processo: 18/18148-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 31 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Paulo César Ciarlini
Beneficiário:Eliana Miranda de Souza
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária (FMVA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Anemia ferropriva   Cafeína   Obesidade   Transferrina

Resumo

A obesidade é uma doença crônica de elevada incidência mundial que afeta humanos e animais domésticos. Há evidências de que o consumo de chá mate (CM) contribui para minimizar os efeitos indesejáveis da inflamação crônica causada pelo excesso de gordura. Os processos inflamatórios crônico causam anemias por sequestro do ferro. Por outro lado, há evidencia de que o consumo de CM afeta a absorção de ferro necessário para síntese de hemoglobina. O emprego terapêutico do CM é contraindicado em indivíduos sensíveis à cafeína e anêmicos. Neste sentido, propomos investigar a hipótese de que o CM descafeinado mantém sua capacidade de minimizar os efeitos anemizante da inflamação crônica causada pelo excesso de gordura em ratos submetidos ao consumo excessivo de refrigerante a base de cola. Para tal, será realizado um estudo randomizado blindado, onde 60 ratos Wistar adultos serão aleatoriamente alimentados por 120 dias com e sem refrigerante a base de cola, com e sem tratamento com CM descafeinado e CM não descafeinado. O grupo controle será comparado com os demais grupos quanto a sua constituição corporal (peso e Lee Index), perfil bioquímico plasmático (Albumina, colesterol, triglicérides, ferro total e transferrina) e hematológico (Hemograma completo e contagem de reticulócitos). Espera-se que os resultados obtidos contribuam para o melhor entendimento da ação do CM no controle da obesidade e da anemia ferropriva. A confirmação dos prováveis benefícios terapêuticos do CM descafeinado possibilitará o seu consumo em humanos e animais anêmicos sensíveis à cafeína.