Busca avançada
Ano de início
Entree

Incidência da lesão renal aguda de acordo com o critério KDIGO em pacientes submetidos a cirurgia cardíaca: estudo observacional prospectivo

Processo: 18/18225-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2019
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Ludhmila Abrahão Hajjar
Beneficiário:Juliana Bittencourt Cruz Salviano
Instituição-sede: Instituto do Coração Professor Euryclides de Jesus Zerbini (INCOR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Cardiologia   Lesão renal aguda   Procedimentos cirúrgicos cardíacos   Estudo comparativo   Estudo observacional   Estudos prospectivos

Resumo

A lesão renal aguda (LRA) consiste em uma abrupta diminuição da função dos rins levando ao acúmulo de produtos nitrogenados e resíduos metabólicos e é uma das principais complicações e causas de morbimortalidade associadas à cirurgia cardíaca, havendo uma incidência entre 8,9% a 39% e com mortalidade entre 3,8% e 54,4%.[1;2;3;4] A piora da função renal tem sido associada a efeitos de curto e longo prazo após a cirurgia cardíaca, apresentando repercussões clínicas que podem piorar o prognóstico do paciente. Algumas características da cirurgia cardíaca como uso de circulação extracorpórea, clamping de aorta, transfusão sanguínea e altas doses de vasopressores aumentam o risco de LRA, pois alteram a perfusão renal, aumentam o estresse oxidativo e a inflamação sistêmica e renal. [5;6]. Para uma melhor definição da LRA foi desenvolvido o Kidney Disease: Improving Global Outcomes (KDIGO) Acute Kidney Injury Work, classificação esta que abrange as anteriormente usadas (AKIN e RIFLE). O critério KDIGO define a lesão renal aguda de acordo com alteração da creatinina sérica e do débito urinário, sendo caracterizada como aumento de 0,3mg/dL da creatinina sérica em um período de 48 horas e/ou redução da taxa de filtração glomerular em 7 dias ou, redução inferior a 0,5mL/kg/h por 6 horas do débito urinário. Estudos comparativos entre KDIGO e critérios anteriores demonstram maior número de diagnósticos de LRA pelo KDIGO. [7]. Tendo em vista que a LRA é uma complicação significativa pós cirurgia cardíaca afetando prognóstico, esse projeto objetiva identificar a incidência de LRA através da classificação KDIGO em pacientes submetidos à cirurgia cardíaca com CEC e avaliar a associação da ocorrência dessa disfunção renal com desfechos como mortalidade após 1 ano do procedimento cirúrgico. 1- Ad-hoc Working Group of ERBP, Fliser D, Laville M, Covic A, Fouque D, Vanholder R, Juillard L, Van Biesen W. A European Renal Best Practice (ERBP) position statement on the Kidney Disease Improving Global Outcomes (KDIGO) Clinical Practice Guidelines on Acute Kidney Injury: Part 1: de nitions, conservative management and contrast-induced nephropathy. Nephrol Dial Transplant. 2012; 27(12):4263-722. Howell NJ, Freemantle N, Bonser RS, Graham TR, Mascaro J, Rooney SJ, Wilson IC, Pagano D. Subtle changes in renal function are associated with differences in late survival following adult cardiac surgery. Eur J Cardiothorac Surg. 2012;41:e38-e42.3. Lassnigg A, Schmidlin D, Mouhieddine M, Bachmann LM, Druml W, Bauer P, Hiesmayr M. Minimal changes of serum creatinine predict prognosis in patients after cardiothoracic surgery: a prospective cohort study. J Am Soc Nephrol. 2004;15:1597-1605.4. Xu J, Jiang W, Fang Y, Teng J, Ding X. Management of cardiac surgery- associated acute kidney injury. Contrib Nephrol. 2016;187:131-142. 5. Yallop KG, Smith DC. The incidence and pathogenesis of acute renal failure following cardiac surgery, and strategies for its prevention. Ann Card Anaesth. 2004;7(1):17-31.6. Karkouti K, Wijeysundera DN, Yau TM, Callum JL, Cheng DC, Crowther M, Dupuis JY, Fremes SE, Kent B, Laflamme C, Lamy A, Legare JF, Mazer CD, McCluskey SA, Rubens FD, Sawchuk C, Beattie WS. Acute kidney injury after cardiac surgery: focus on modifiable risk factors. Circulation. 2009; 119(4):495-502. 7. Luo X, Jiang L, Du B, Wen Y, Wang M, Xi X. A comparison of different diagnostic criteria of acute kidney injury in critically ill patients. Critical Care. 2014;18(4):R144.