Busca avançada
Ano de início
Entree

Alteração de cor e rugosidade de esmalte infiltrado com resina de baixa viscosidade após uso de dentifrícios e enxaguatórios clareadores

Processo: 18/25099-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2019
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Giselle Maria Marchi Baron
Beneficiário:Vitoria de Holanda Simões
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Dentística   Dentifrícios   Viscosidade   Coloração   Rugosidade   Esmalte dentário   Clareadores   Escovação dentária   Microscópio eletrônico   Espectrofotômetros

Resumo

Esse estudo tem como objetivo avaliar a rugosidade de superfície, morfologia e alteração de cor de esmalte infiltrado com resina de baixa viscosidade Icon®, que será submetida a ciclos de escovação com dentifrícios e enxaguatórios com ação clareadora. Blocos de esmalte de molares humanos serão submetidos à simulação de lesão inicial cariosa em solução desmineralizante (DES) e infiltradas com Icon®, de acordo com as recomendações do fabricante. Os espécimes serão divididos em cinco grupos (n=20) de acordo com o dentifrício a ser utilizado: Esmalte sádio - controle (GC), Máxima Proteção Anticáries - Colgate (GI/MPA), 3D White Perfection - Oral-B (GI/WP), Luminous White Advanced - Colgate (GI/LWA), NuPearl Advanced - Oralgen (GI/NPA), e todos serão submetidos a 30.000 ciclos de escovação. Após isso, os grupos serão subdivididos de acordo com o enxaguatório a ser utilizado: Enxaguante bucal Colgate Luminous White XD Shine (GCLW) e Enxaguante bucal Listerine Whitening Extreme (GLWE) e passarão por ciclos de imersão no mesmo por 45 dias. A análise de rugosidade de superfície será realizada em rugosímetro em 3 tempos (T0 - inicial, T1 - após escovação e T2 - após utilização de enxaguatórios). Um espécime de cada grupo terá sua morfologia avaliada, qualitativamente, nos 3 tempos (T0 - inicial, T1 - após escovação e T2 - após utilização de enxaguatórios) em microscópio eletrônico de varredura (MEV). A avaliação de cor será realizada usando espectrofotômetro utilizando o sistema CIE Lab em 3 tempos (T0 - inicial, T1 - após escovação e T2 - após utilização de enxaguatórios). Os dados serão analisados pela ANOVA 2 fatores de medidas repetidas.