Busca avançada
Ano de início
Entree

Trajetórias de sintomas de desatenção, hiperatividade e impulsividade ao longo de um tratamento para Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade

Processo: 19/00351-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2019
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Guilherme Vanoni Polanczyk
Beneficiário:Renato Kenji Aoyama
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/22455-8 - Intervenções na primeira infância e trajetórias de desenvolvimento cognitivo, social e emocional, AP.TEM
Assunto(s):Função executiva   Hiperatividade   Transtorno do deficit de atenção com hiperatividade   Sinais e sintomas   Pré-escolar   Desenvolvimento infantil   Ensaio clínico controlado aleatório   Metilfenidato

Resumo

Objetivo: verificar trajetórias de sintomas de desatenção, hiperatividade e impulsividade ao longo de um tratamento para transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH). Método: um ensaio clínico controlado randomizado que avalia os efeitos do tratamento com metilfenidato (n=50) em relação ao treinamento parental (n=50) e placebo (n=50) sobre sintomas de TDAH na idade pré-escolar está sendo atualmente conduzido. Será utilizada a modelagem de trajetórias baseadas em grupos (group-based trajectory modelling approach, GBTM) com implementação via software estatístico STATA. A trajetória em questão será mensurada por meio do SNAP-IV, aplicado em três momentos durante o tratamento: semana 0 (linha de base), semana 4 e semana 8 (pós-tratamento). O modelo final será escolhido segundo os seguintes critérios: menor valor do Bayesian information criteria (BIC), probabilidade de pertencer a cada grupo acima de 80% e interpretabilidade teórico-prática. Os subgrupos serão descritos segundo as seguintes variáveis: tratamento, sexo da criança, presença de comorbidade, QI e funções executivas da criança, saúde mental do cuidador principal (TDAH, depressão, temperamento), irritabilidade e temperamento da criança, emoção expressa do cuidador.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.