Busca avançada
Ano de início
Entree

Contribuições do bndes na promoção da inovação tecnológica na indústria brasileira no período recente

Processo: 18/13438-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2019
Vigência (Término): 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia - Economia Industrial
Pesquisador responsável:Pollyana de Carvalho Varrichio
Beneficiário:Rodolfo Balistero Franco
Instituição-sede: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Osasco. Osasco , SP, Brasil
Assunto(s):Indústrias   Inovação

Resumo

Este projeto de pesquisa busca identificar quais foram as contribuições do BNDES para a promoção da inovação tecnológica na indústria brasileira - uma das prioridades declaradas pelo Banco - através de sua linha de financiamento não reembolsável, o BNDES FUNTEC, para o período que compreende entre 2004 e 2014. Esse período de análise se justifica pela execução das últimas três políticas de desenvolvimento industrial: Política Industrial, Tecnológica e de Comércio Exterior - PITCE (2004 a 2008); Política de Desenvolvimento Produtivo - PDP (2008 - 2010); e Plano Brasil Maior - PBM (2011 a 2014).Para tanto, faz-se conveniente analisar se existe alguma correspondência entre os setores das empresas que obtiveram crédito via FUNTEC e os setores prioritários das políticas de desenvolvimento industrial criadas pelo governo federal. Correspondência esta, que poderá ser identificada observando a dispersão setorial e o porte das empresas do setor industrial que obtiveram crédito de forma direta junto ao BNDES via financiamento não reembolsável.O objetivo na concessão de créditos para inovação tecnológica é oferecer financiamento de médio e longo prazo que crie condições para a expansão da capacidade produtiva e por consequência da produtividade, trazendo consigo efeitos propagadores que estimulam os chamados linkages intersetoriais.Este projeto de pesquisa se torna relevante na medida em que se observa o fraco desempenho da produtividade na indústria, especialmente nas últimas três décadas. De acordo com o referencial teórico utilizado por este projeto, por meio da inovação tecnológica seria possível dar saltos qualitativos no processo produtivo do setor industrial, fazendo com que este se torne mais competitivo em um ambiente econômico que se mostra, a cada década que se sucede, mais globalizado e integrado.