Busca avançada
Ano de início
Entree

MRM-profiling: uma nova ferramenta para detecção de biomarcadores

Processo: 19/03385-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 21 de maio de 2019
Vigência (Término): 22 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Paulo Clairmont Feitosa de Lima Gomes
Beneficiário:César Augusto Marasco Júnior
Supervisor no Exterior: Robert G Cooks
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Local de pesquisa : Purdue University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:18/11700-7 - Determinação de fármacos em águas residuárias, BP.MS
Assunto(s):Espectrometria de massas   Biomarcadores

Resumo

Após a ingestão e o metabolismo, as substâncias químicas podem ser eliminados do corpo de forma inalterada e/ou convertidos em metabólitos através da urina, fezes, suor ou até mesmo pelas lágrimas. Atualmente, cerca de mais de 300 químicos ambientais ou os seus metabólitos são medidos em amostras humanas (por exemplo, urina, sangue, soro, leite materno). No entanto, muitas dessas substâncias ou até mesmo seus metabólitos permanecem no organismo por longos períodos e têm valor potencial como biomarcadores. Como tal, eles podem ser examinados em amostras biológicas ou quando excretados no meio ambiente, em amostras ambientais. Neste projeto de pesquisa, pretendemos detectar potenciais biomarcadores de exposição ambiental. As substâncias escolhidas são cafeína, cotinina, aflatoxina e N, N-dietil-meta-toluamida (DEET), em matrizes biológicas e ambientais, como sangue, urina e águas residuárias, respectivamente, usando o MRM-profiling como uma técnica exploratória e avaliar o potencial dessas substâncias como biomarcadores.