Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise sistemática dos impactos ambientais do material dragado do canal do Porto de Santos

Processo: 18/25809-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2019
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biologia Geral
Pesquisador responsável:Débora Martins de Freitas
Beneficiário:Lorena Novaes Rosa
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB-CLP). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental do Litoral Paulista. São Vicente , SP, Brasil
Assunto(s):Gestão portuária   Impactos ambientais   Sedimentos   Manejo   Dragagem

Resumo

A dragagem portuária é realizada para retirada de sedimentos e rochas do fundo dos canais de navegação, objetivando uma melhoria de acesso de embarcações e permitindo a movimentação de navios de maior porte. Dessa maneira, a dragagem portuária é uma necessidade que demanda um eficiente manejo do material dragado. Os sedimentos no complexo estuarino de Santos - São Vicente acumulam contaminantes produzidos pelas atividades antrópicas, industriais e portuárias. Este sedimento contaminado requer condições diferenciadas de controle, principalmente pela grande probabilidade de ocasionar efeitos tóxicos à biota aquática. A dragagem, bem como a disposição do material contaminado pode causar impactos ambientais que apresentam uma associação de forma direta ou indireta com implicações sobre os habitats, organismos, e modificações de parâmetros físico-químicos, como qualidade da água, da área e do entorno. Portanto, sendo relevantes os efeitos causados pela dragagem, o objetivo deste projeto é analisar de forma sistemática os impactos ambientais causados por cada técnica de disposição do material dragado do canal do Porto de Santos. Para a valoração dos impactos será elaborada a Matriz de Leopold modificada, onde o grau se significância será dado a partir de seus aspectos como magnitude e importância; o que permitirá também relacionar o modo de disposição em conjunto com as principais técnicas de manejo do sedimento. Os resultados deste estudo gerarão dados para auxiliar a gestão da atividade no desenvolvimento de novas medidas para redução dos impactos ambientais do material dragado, norteando projetos de controle e monitoramento ambiental desta atividade.