Busca avançada
Ano de início
Entree

Utilização da terapia fotodinâmica no tratamento antimicrobiano do sêmen de galos domésticos: análise de diferentes tempos de pré-irradiação, irradiância e exposição radiante da luz

Processo: 18/02849-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2019
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Ricardo Jose Garcia Pereira
Beneficiário:Gabriel Augusto Novaes
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Aves   Azul de metileno   Terapia fotodinâmica   Inseminação artificial

Resumo

A avicultura se destaca entre os setores do agronegócio brasileiro, uma vez que o Brasil é o segundo maior produtor e o maior exportador mundial de carne de frango. Portanto, o emprego de biotecnologias que otimizem este tipo de criação é extremamente relevante, destacando-se a inseminação artificial (IA). Todavia, em virtude da cloaca ser uma via comum ao ejaculado e às excretas, altos graus de contaminação são frequentemente observados no sêmen de aves domésticas. Para contornar esta situação muitos diluidores de sêmen para aves possuem antibióticos em sua composição, uma prática que intensifica a problemática da resistência bacteriana. Deste modo, com o objetivo de gerar alternativas ao uso de antibióticos, nosso laboratório deu início aos estudos buscando adaptar as terapias não térmicas baseadas em luz para o tratamento antimicrobiano do sêmen de galos domésticos (Projeto IC FAPESP nº 2017/04457-6). Nossos dados preliminares demonstraram o potencial antimicrobiano destas técnicas, no entanto também evidenciaram a necessidade de diversos ajustes para a definição de um protocolo eficaz no controle da microbiota seminal que seja ao mesmo tempo inócuo aos espermatozoides. Portanto, visando melhor adequar a terapia fotodinâmica (PDT) para sua utilização em sêmen de aves domésticas, estudaremos como alterações no tempo de pré-irradiação com azul de metileno (AM), na exposição radiante (J/cm2) e irradiância (mW/cm2) da luz influenciarão a viabilidade espermática e as bactérias presentes no sêmen. Por fim, analisaremos os efeitos da PDT sobre a fertilidade (in vivo) das amostras seminais irradiadas.