Busca avançada
Ano de início
Entree

Pulseiras inteligentes para monitoramento de sinais vitais usando rede Mesh e Bluetooth (sem necessidade do uso de celular) e sistema de saúde e diagnose preventiva com dados dinâmicos

Processo: 18/25659-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2019
Vigência (Término): 31 de maio de 2019
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Alexandre Del Rey
Beneficiário:Márcio Fernando Flores
Empresa:Cogsign Ltda
CNAE: Fabricação de aparelhos e equipamentos de medida, teste e controle
Desenvolvimento de programas de computador sob encomenda
Atividades de apoio à gestão de saúde
Vinculado ao auxílio:17/22776-1 - Pulseiras inteligentes para monitoramento de sinais vitais usando rede mesh e Bluetooth (sem necessidade do uso de celular) e sistema de saúde e diagnose preventiva com dados dinâmicos, AP.PIPE
Assunto(s):Medicina preventiva   Biologia computacional   Computação vestível   Big data   Análise de dados   Sistemas de informação

Resumo

O projeto tem dois objetivos: (1) Desenvolver um protótipo de dispositivo vestível (pulseira) capaz de transmitir dados diretamente por uma rede Mesh e Bluetooth sem a necessidade da intermediação de um celular e (2) Construir um protótipo de um sistema de captação, armazenamento e análise de dados que possa identificar padrões de intervenção preventiva na saúde através de algoritmos de análise de dados utilizando a combinação de dados dinâmicos e estáticos. Pesquisas indicam que os gastos com saúde e com o envelhecimento da população são crescentes e impactam fortemente o mercado de planos de assistência médica que movimentou 160 bilhões de Reais somente em 2016, sendo que boa parte dos custos estão associados ao pagamento de sinistros. A análise de padrões de comportamento e dados vitais monitorados dinamicamente somada às informações existentes nas empresas seguradoras poderá permitir uma atuação mais assertiva e rápida em práticas de saúde preventiva e curativa, reduzindo os custos para estas empresas e proporcionando uma melhor qualidade de vida para os segurados. Neste sentido, se faz necessário um dispositivo barato, adequado a leitura de dados chaves, de grande autonomia e conveniência, especialmente focado na população idosa. Considerando que a Fase 1 do PIPE-FAPESP busca a demonstração da viabilidade tecnológica de um produto ou processo, serão feitos nessa fase: (1) a avaliação da viabilidade técnica e comercial da fabricação/montagem do dispositivo inteligente através de know-how nacional; (2) validação do estado da arte e teste em campo das tecnologias utilizadas no produto, avaliação em campo da infraestrutura Mesh no Brasil e incorporação de novos desenvolvimentos tecnológicos no período de pesquisa; e (3) desdobramento do modelo de negócio com base no protótipo de sistema de captação, armazenamento e análise de dados desenvolvido e nos dados analisados na fase de teste do produto para o mercado de seguros. Ao fim desta primeira fase busca-se os seguintes entregáveis: Avaliação de Componentes e Fornecedores para construção de dispositivo vestível de última geração no Brasil, Prototipagem e Teste funcional, Avaliação de Infraestrutura de Comunicação Mesh existente e em implantação, Avaliação detalhada de novos Dispositivos Vestíveis (Wearables), Sensores e Atuadores lançados no período de pesquisa, Avaliação e Teste em campo de Dispositivos Vestíveis existentes, Monitoramento de sinais vitais em período teste, e Estruturação preliminar de Sistema de Captação, Armazenamento e Análise de dados. De posse dos entregáveis mencionados poderemos definir adequadamente em todos os níveis de detalhes o produto a ser desenvolvido, ou seja, a viabilidade e adequação técnica e, também, aprimorar o modelo de negócio para que ele fique mais aderente ao mercado alvo, ou seja, a viabilidade comercial e modelagem do negócio em nível detalhado e partir para o desenvolvimento do produto, objetivo do PIPE Fase 2. Componentes e Fornecedores para construção de dispositivo vestível de última geração no Brasil, Prototipagem e Teste funcional, Avaliação de Infraestrutura de Comunicação Mesh existente e em implantação, * Avaliação detalhada de novos Dispositivos Vestíveis (Wearables), Sensores e Atuadores lançados no período de pesquisa, * Avaliação e Teste em campo de Dispositivos Vestíveis existentes, * Monitoramento de sinais vitais em período teste, e * Estruturação preliminar de Sistema de Captação, Armazenamento e Análise de dados. De posse dos entregáveis mencionados poderemos definir adequadamente em todos os níveis de detalhes o produto a ser desenvolvido, ou seja, a viabilidade e adequação técnica e, também, aprimorar o modelo de negócio para que ele fique mais aderente ao mercado alvo, ou seja, a viabilidade comercial e modelagem do negócio em nível detalhado e partir para o desenvolvimento do produto, objetivo do PIPE Fase 2