Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto da exposição ao chumbo (PB) sobre o perfil de expressão de micro RNAs (miRNAs) em trabalhadores expostos ao metal

Processo: 18/24643-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Análise Toxicológica
Pesquisador responsável:Gustavo Rafael Mazzaron Barcelos
Beneficiário:Marília Ladeira de Araújo
Supervisor no Exterior: Jose Alexandre de Gusmao Rueff Tavares
Instituição-sede: Instituto de Saúde e Sociedade (ISS). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Baixada Santista. Santos , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidade Nova de Lisboa, Portugal  
Vinculado à bolsa:16/24520-1 - Impacto da exposição ao chumbo (PB) sobre o perfil de expressão de genes relacionados ao metabolismo do metal em indivíduos ocupacionalmente expostos, BP.DR
Assunto(s):Epigênese genética   Reação em cadeia da polimerase via transcriptase reversa quantitativa (qRT-PCR)

Resumo

Estudos sugerem que a exposição a metais tóxicos, tais como o chumbo (Pb) possam induzir diversas alterações epigenéticas, tais como alterações no perfil de metilação do DNA, remodelamento da cromatina, bem como a expressão de RNAs não codificadores (ncRNAs), dentre eles micro RNAs (miRNAs). Diversos miRNAS estão sendo detectados e relacionados à exposição ao metal; entretanto, ainda existem muitas diferenças nos perfis de expressão desses miRNAs, que podem ser devido a variabilidade interindividual e por conta dos diferentes níveis de exposição em que os indivíduos estão expostos. Sendo assim, o presente projeto tem por objetivo identificar e quantificar a expressão dos miRNAs miR-520c-3p, miR-148a, miR-141, miR-211, miR-572 e miR-130b em trabalhadores de fábricas de baterias automotivas expostas ao Pb. Para tal, as concentrações de Pb no sangue e plasma serão determinadas por ICP-MS e a expressão desses ncRNAs serão quantificados por qPCR; ainda, um questionário acerca dos dados sócio-demográficos destes indivíduos também será aplicado, a fim de ajustar as diversas variáveis que possam interferir na interpretação dos dados. Sendo assim, espera-se que os resultados obtidos auxiliem para uma melhor compreensão dos mecanismos e impacto da exposição ao Pb sobre o perfil de miRNAs em indivíduos expostos ao Pb.