Busca avançada
Ano de início
Entree

Qualidade ambiental e planejamanto urbano no Brasil e Portugal: entre teoria e prática

Processo: 19/02050-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 25 de junho de 2019
Vigência (Término): 24 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia
Pesquisador responsável:Margarete Cristiane de Costa Trindade Amorim
Beneficiário:Janaína Lopes Moreira
Supervisor no Exterior: Ana Maria Rodrigues Monteiro de Sousa
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidade do Porto (UP), Portugal  
Vinculado à bolsa:17/07483-8 - Clima urbano como indicador de qualidade ambiental na cidade de Penápolis/SP, BP.DR
Assunto(s):Microclima urbano   Planejamento territorial urbano

Resumo

No Brasil os instrumentos de planejamento, bem como a preservação e conservação dos recursos naturais têm marcos jurídicos bem definidos. No entanto, a degradação do ambiente urbano e seus respectivos efeitos sobre a vida citadina permanecem e se intensificam. As comunidades acadêmica e científica brasileira têm realizado pesquisas com o objetivo de encontrar e oferecer alternativas de planejamento para o crescimento urbano e ações mitigadoras para amenizar as áreas já afetadas. Entretanto, a problemática que se materializa é a de falta de diálogo entre o poder público e as universidades. Diante disso, percebe-se a necessidade de buscar experiências mais exitosas do que as brasileiras na aplicabilidade do conhecimento científico no planejamento e ordenamento do espaço urbano. Nesse sentido, o objetivo desse projeto é compreender e comparar as relações entre o poder público e a universidade em Portugal e no Brasil e aplicar o conjunto de procedimentos metodológicos desenvolvidos no CHERG para a construção de um roteiro estratégico de planejamento urbano com medidas de intervenção em Penápolis, São Paulo, Brasil.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.