Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de ferramentas para aconselhamento genômico visando o aumento da produtividade de rebanhos de gado de corte

Processo: 18/25346-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE  
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 31 de julho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
Pesquisador responsável:Raysildo Barbosa Lôbo
Beneficiário:Raysildo Barbosa Lôbo
Empresa:Centro Técnico de Avaliação Genética Ltda. - EPP
CNAE: Criação de bovinos
Vinculado ao auxílio:18/00938-2 - Desenvolvimento de ferramentas para aconselhamento genômico visando o aumento da produtividade de rebanhos de gado de corte, AP.PIPE
Assunto(s):Seleção genômica   Marcadores genéticos   Bovinos de corte   Endogamia   Tomada de decisão

Resumo

A avaliação genética de bovinos de raças zebuínas, principalmente da raça Nelore, tem obtido progressos importantes desde a década de 1980, quando vários programas de melhoramento genético foram criados e estabelecidos no Brasil. Nesses programas, voltados principalmente, para bovinos de corte, são utilizadas como critérios de seleção as características reprodutivas, de crescimento e qualidade da carne, indicando os animais superiores candidatos à seleção. O processo de seleção é orientado por avaliações genéticas que são realizadas por meio do modelo animal e da metodologia dos modelos mistos Best Linear Unbiased Predictor (BLUP). Na metodologia BLUP, o aumento na acurácia dos valores genéticos pode ser obtido com a inclusão de informações de parentes fornecidas pelos registros de parentesco entre os animais. Entretanto, essa abordagem eleva a probabilidade de selecionar parentes colaterais para o acasalamento, o que aumenta a taxa de endogamia e a perda de variabilidade genética na população ao longo dos ciclos seletivos. Neste sentido, o coeficiente de endogamia tem sido estimado utilizando as informações provenientes dos dados de pedigree, e, mais recentemente, com o desenvolvimento de painéis de alta densidade de marcadores do tipo SNP (Single Nucleotide Polymorphism), tem ocorrido um crescente interesse em calcular os coeficientes de endogamia a partir de informações moleculares. Dessa forma, o presente Projeto PIPE fase 1 tem como objetivo estudar a viabilidade da integração das informações de pedigree e genômicas e avaliar o coeficiente de endogamia e a autozigosidade utilizando dados simulados de populações comerciais de bovinos de corte, visando empregar estas informações para um melhor delineamento e tomada de decisões nos acasalamentos. Com isso, pretende-se diminuir a endogamia, aumentar a variabilidade genética das próximas gerações e otimizar o ganho genético para as características de importância econômica e produtiva em programas de melhoramento genético de bovinos de corte. Cabe ressaltar que esse estudo inicial PIPE fase 1 abrirá novas perspectivas para as fases posteriores do Projeto PIPE, onde será cogitada a criação de um novo software programado com algoritmos capazes de aperfeiçoar os aconselhamentos genômicos. (AU)