Busca avançada
Ano de início
Entree

Nanopartículas líquido-cristalinas como novo sistema de liberação de fármacos para administração de CUR: potencial aplicação na terapia do câncer do colo uterino

Processo: 19/03929-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 28 de março de 2019
Vigência (Término): 19 de setembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Pesquisador responsável:Marlus Chorilli
Beneficiário:Francesca Damiani Victorelli
Supervisor no Exterior: Raffaele Mezzenga
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Local de pesquisa : Swiss Federal Institute of Technology Zurich, Suíça  
Vinculado à bolsa:17/23357-2 - Avaliação do potencial de sistemas precursores de cristais líquidos para administração vaginal de curcumina no tratamento do câncer cervical, BP.MS
Assunto(s):Nanopartículas   Sistemas de liberação de medicamentos   Tecnologia farmacêutica   Neoplasias

Resumo

O câncer cervical é o tumor ginecológico que mais causa mortes no mundo entre as mulheres, representando um grande problema de saúde pública. Há uma série de fatores que contribuem para o desenvolvimento do câncer do colo do útero, mas na maioria dos casos é causada por infecções persistentes por HPV. Tratamentos convencionais, como cirurgia ginecológica, radioterapia e radioquimioterapia, são restritos e apresentam diversos efeitos colaterais, impactando negativamente na qualidade de vida dos pacientes. Considerando este cenário, é de extrema importância pesquisar novas moléculas bioativas para uso no tratamento antitumoral, como a curcumina (CUR), que se mostrou uma alternativa inovadora e eficaz. Entretanto, o uso terapêutico dessa droga enfrenta muitos desafios, principalmente devido às suas características físico-químicas e baixa biodisponibilidade. Portanto, é necessário desenvolver sistemas de liberação de medicamentos clinicamente adequados e seguros para permitir o uso deste fármaco, como as nanopartículas líquidas cristalinas liotrópicas (NLCs) que podem melhorar a permeação dos fármacos e controlar sua liberação além de diminuir a toxicidade sistêmica. Neste contexto, este projeto visa desenvolver e caracterizar as NLCs durante o estágio de pesquisa na ETH Zurich.