Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudos sobre interação Sporisorium panici-leucophaei e Digitaria insularis

Processo: 18/24028-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2019
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Claudia Barros Monteiro Vitorello
Beneficiário:Gustavo Schiavone Crestana
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Sporisorium scitamineum   Genômica comparativa

Resumo

Fungos da família Ustilaginaceae são os principais agentes causais de doenças do carvão em plantas da família Poaceae, resultando em perdas agronômicas e econômicas significativas. As espécies causadoras de carvão apresentam estilo de vida biotrófico, dependente de uma íntima interação com o hospedeiro para completar seu ciclo de vida e produzir esporos (2n). O fungo Sporisorium panici-leucophaei (Spl) infecta e coloniza plântulas de Digitaria insularis, causando a doença denominada carvão do capim-amargoso. Apesar de possuir ciclo de vida semelhante à de outros carvões, poucas informações estão disponíveis sobre esse patossistema na literatura científica. O principal sintoma da doença causada por S. panici-leucophaei é mais semelhante ao carvão da cana-de-açúcar do que a de outras espécies de gramíneas. O desenvolvimento de uma estrutura em forma de chicote a partir do apex de plantas de capim amargoso revelam potencial para comparar os patossistemas. Desta forma, a definição dos mecanismos de patogenicidade assim como a modulação da fisiologia do hospedeiro pelo patógeno são fundamentais para o entendimento desse patossistema. O projeto terá como principais objetivos realizar o sequenciamento completo do genoma de S. panici-leucophaei e análises genômicas comparativas com o genoma do carvão da cana-de-açúcar (Sporisorium scitamineum), com a finalidade de obter os primeiros insights sobre o conteúdo gênico compartilhado e específico da espécie. Serão avaliados também os padrões de colonização in planta, a ocorrência de sintomas, a expressão de genes candidatos a efetores e infecção cruzada de S. panici-leucophaei em cana-de-açúcar. O estudo comparativo entre S. panici-leucophaei e S. scitamineum permitirá novas inferências a respeito dos principais mecanismos que contribuem para a sua infecção e colonização em capim-amargoso. Este projeto está alinhado com os objetivos do projeto de auxilio regular FAPESP 2017/13268-2 coordenado pela Prof. Claudia B. Monteiro-Vitorello intitulado "Estudos genômicos e funcionais da interação Sporisorium scitamineum-cana e de outros fungos causadores do carvão: avanços e desafios".