Busca avançada
Ano de início
Entree

Concepção de uma ferramenta computacional para a geração de planos alimentares personalizados, considerando necessidades nutricionais conforme os ciclos de vida, preferências e presença ou não de doenças crônicas não transmissíveis

Processo: 19/01766-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de março de 2019
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Sistemas de Computação
Pesquisador responsável:Bernadette Dora Gombossy de Melo Franco
Beneficiário:Kristy Soraya Coelho
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07914-8 - FoRC - Centro de Pesquisa em Alimentos, AP.CEPID
Assunto(s):Sistemas especialistas   Nutrição humana   Nutrientes (alimentação)   Ingestão de alimentos   Nutricionistas

Resumo

Ferramentas computacionais têm sido utilizadas na área de nutrição desde os anos de 1960 e buscam auxiliar o nutricionista no cálculo de nutrientes e no planejamento de cardápios, visando o apoio na tomada de decisão. Assim, a utilização da informática na execução dessas tarefas disponibiliza ao nutricionista tempo necessário para que desenvolva outras atividades específicas voltadas ao atendimento dos pacientes/clientes. Entre as ferramentas computacionais, destacam-se os sistemas especialistas (SE) que resolvem problemas de forma parecida com o especialista humano, sobre determinados campos do conhecimento. O presente projeto de pesquisa tem como objetivo implementar uma ferramenta computacional usando a base de dados de Avaliação de Ingestão de Nutrientes da Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TBCA BD-AIN) na elaboração de planos alimentares, considerando as necessidades nutricionais conforme os ciclos de vida, preferências e a presença ou não de doenças crônicas não transmissíveis. Os principais passos para o desenvolvimento desse trabalho incluem: (I) caracterização da consulta em nutrição, (II) definição do protocolo de atendimento clínico para a consulta em nutrição; (III) definição das informações necessárias ao processo de tomada de decisão para a elaboração do plano alimentar; (IV) composição da base de dados da TBCA BD-AIN; (V) definição das preferências; (VI) adaptação da base de dados TBCA BD-AIN a ser utilizada pela ferramenta computacional; (VII) implementação da ferramenta computacional; (VIII) avaliação dos planos alimentares elaborados pela ferramenta computacional.