Busca avançada
Ano de início
Entree

Tradutores, traduções e edições da obra de Machado de Assis em inglês - Helen Caldwell e a University of California press

Processo: 19/00643-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 24 de abril de 2019
Vigência (Término): 30 de maio de 2019
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Literatura Brasileira
Pesquisador responsável:Hélio de Seixas Guimarães
Beneficiário:Hélio de Seixas Guimarães
Anfitrião: Elide Valarini Oliver
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of California, Santa Barbara (UC Santa Barbara), Estados Unidos  
Assunto(s):Tradutores   Machado de Assis   Tradução

Resumo

O estágio de pesquisa, previsto para ser realizado de 24 de abril a 30 de maio de 2019 no Center for Portuguese Studies da Universidade da Califórnia, em Santa Barbara, sob supervisão da Professora Doutora Élide Valarini Oliver, tem como objetivo levantar, em fontes primárias, materiais que permitam traçar os caminhos intelectuais e editoriais que levaram a professora, tradutora e crítica norte-americana Helen Caldwell a traduzir Dom Casmurro, publicado em inglês pela primeira vez em 1953, bem como estudar as relações entre a tradução desse romance e a produção de dois estudos fundamentais de Caldwell sobre Machado de Assis, The Brazilian Othello of Machado de Assis (1960) e Machado de Assis - The Brazilian Master and his Novels (1970). No Center for Portuguese Studies, serão pesquisados livros e materiais que pertenceram à tradutora e crítica, doados pelo professor Frederick Williams. A pesquisa também buscará materiais em outras bibliotecas e arquivos da Universidade da Califórnia, tais como os do Departament of Classics do campus de Los Angeles, onde Caldwell atuou como professora por três décadas; e a Bancroft Library, em Berkeley, onde estão depositados documentos da University of California Press, que entre 1960 e 1980 foi a principal editora a publicar obras de Machado de Assis em inglês, também responsável pela publicação dos dois estudos críticos de Helen Caldwell, já mencionados.O projeto tradutório-crítico de Helen Caldwell alinha-se às primeiras traduções de romances de Machado de Assis para o inglês, publicadas na primeira metade da década de 1950. Essas traduções modificaram o quadro da circulação e da recepção internacional da obra machadiana, inaugurando uma tensão até então inédita entre a figura do escritor central do cânone literário nacional e a figura de um possível clássico internacional. A pesquisa aqui proposta faz parte de projeto financiado com Bolsa de Produtividade em Pesquisa do CNPq (nível 2), que toma como objetos de estudo as traduções para o inglês de Memórias póstumas de Brás Cubas, Dom Casmurro e Quincas Borba, e as trajetórias dos seus respectivos tradutores, William Grossman, Helen Caldwell e Clotilde Wilson. Propõe-se estudar os três casos de tradução isoladamente; compreendê-los em conjunto, como parte do processo de internacionalização da obra de Machado de Assis no contexto da geopolítica do pós-guerra e das relações interamericanas; e dimensionar os efeitos dessas traduções para o inglês sobre a interpretação da obra e a consagração da figura do escritor no Brasil.