Busca avançada
Ano de início
Entree

Investimento direto estrangeiro em economias em desenvolvimento: mecanismos e efeitos sobre o desenvolvimento desigual

Processo: 18/19267-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2019
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia - Economia Internacional
Pesquisador responsável:Gilberto Tadeu Lima
Beneficiário:Vinicius Curti Cícero
Instituição-sede: Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Desenvolvimento econômico   Crescimento econômico

Resumo

Esta pesquisa tem como objetivo uma melhor compreensão de mecanismos subjacentes aos efeitos observados a partir da entrada de fluxos de Investimento Direto Estrangeiro (IDE) em economias em desenvolvimento. Para tanto, o esforço proposto é duplo: i) uma abordagem teórica direcionada às relações entre países desenvolvidos e em desenvolvimento, buscando entender os efeitos dos fluxos de capitais físicos nas estruturas dos países receptores e os resultados sobre o padrão de desenvolvimento desigual; ii) um estudo de caso para a economia brasileira, se valendo de exercício empírico na busca de evidências esclarecedoras sobre os efeitos dos fluxos de IDE em variáveis de interesse detectadas na revisão da literatura e na modelagem, em especial crescimento da produtividade do trabalho, acumulação de capital, componentes do balanço de pagamentos e medidas de desigualdade de renda, sempre levando em conta as relações de curto e de longo prazo entre as variáveis e as possibilidades de causalidades (temporais) duplas. A contribuição desta pesquisa se baseia, então, em uma melhor compreensão das relações entre fluxos de IDE e desenvolvimento econômico em países em desenvolvimento, podendo indicar possíveis caminhos a serem seguidos nos desenvolvimentos teóricos e eventuais implicações de atuações governamentais, especialmente para o caso brasileiro.