Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização de populações de ácaros predadores da família Phytoseiidae com uso de ferramentas moleculares

Processo: 19/04387-3
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2019
Vigência (Término): 30 de novembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Mário Eidi Sato
Beneficiário:Maria Cristina Vitelli Queiroz
Supervisor no Exterior: Marie-Stephane Tixier Lopes
Instituição-sede: Instituto Biológico (IB). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : Centre de Biologie et de Gestion des Populations (CBGP), França  
Vinculado à bolsa:15/26288-6 - Caracterização bioquímica e molecular da resistência de Phytoseiulus macropilis (Banks) (Acari: Phytoseidae) a piretróide, liberação em campo e monitoramento dos predadores com marcadores moleculares, BP.DR
Assunto(s):Entomologia   Phytoseiidae   Controle biológico   Caracterização molecular   Resistência a inseticidas

Resumo

O ácaro-rajado, Tetranychus urticae Koch (Acari: Tetranychidae), considerado um dos ácaros-praga de maior importância econômica em todo o mundo, causa sérios prejuízos em diversas culturas. O emprego de ácaros predadores para o controle do ácaro-rajado representa uma das estratégias mais promissoras para o controle da praga, em sistemas de produção comercial de frutas, hortaliças e ornamentais. A utilização de linhagens de ácaros predadores resistentes a compostos de largo espectro de ação (ex.: piretroides) pode viabilizar o uso desses inimigos naturais para o controle biológico do ácaro-rajado, em cultivos onde o agricultor realiza aplicações eventuais de agroquímicos contra outros artrópodes-praga (ex.: lagartas, tripes, cochonilhas, moscas-brancas). Essa pesquisa visa o desenvolvimento de ferramentas genéticas que poderão auxiliar na implantação de programas de controle biológico de pragas. O trabalho proposto inclui a análise dos dados obtidos com a genotipagem de ácaros coletados em cultivos de morango no estado de São Paulo, Brasil, usando marcadores de DNA. Além disso, será testada a funcionalidade dos microssatélites desenvolvidos para P. macropilis no Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética (CBMEG), Unicamp, nas seguintes espécies de Phitoseiidae a serem coletadas na França: Phytoseiulus persimilis, Ambliseius swirskii e Neoseiulus californicus. A condução da pesquisa proposta pode representar um grande avanço na caracterização de ácaros predadores da família Phytoseiidae, gerando informações de grande relevância para o estabelecimento de estratégias para o manejo do ácaro-rajado, em diferentes agro-ecossistemas.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.