Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo dos mecanismos pós-translacionais envolvidos no aumento da biodisponibilidade de óxido nítrico em ratos espontaneamente hipertensos tratados com apocinina

Processo: 17/18436-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2019
Vigência (Término): 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Cardiorenal
Pesquisador responsável:Cristina Antoniali Silva
Beneficiário:Murilo Eduardo Graton
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/13751-0 - Papel das histonas na disfunção cardíaca na cardiomiopatia induzida por sepse, BE.EP.DR
Assunto(s):Hipertensão   Óxido nítrico sintase tipo II   Apocinina   Expressão de proteínas   Western blotting   ELISA em animal   Análise de variância

Resumo

O óxido nítrico (NO) é a principal molécula vasodilatadora do organismo e é sintetizado pelas enzimas NO sintase, sendo a isoforma III ou endotelial (eNOS) a principal responsável pela produção de NO nos vasos sanguíneos. O aumento da produção de Espécies Reativas de Oxigênio (ERO) por enzimas oxidantes como as enzimas NOX pode levar ao estresse oxidativo e a redução da biodisponibilidade de NO. Demonstramos recentemente que, a apocinina, inibidor de NOX, é capaz de aumentar a expressão e atividade de eNOS e as concentrações de NO em ratos espontaneamente hipertensos (SHR). O objetivo deste trabalho será avaliar as possíveis alterações nos mecanismos de modificação pós-translacionais que controlam a eNOS e a biodisponibilidade de NO em SHR tratados com apocinina (30 mg/Kg, v.o.). Ensaios de Western Blotting serão realizados para a avaliação da expressão proteica de eNOS, calmodulina, caveolina-1, Hsp-90, Nrf-2, catalase, superóxido dismutase e glutationa peroxidase, bem como suas interações por meio de co-imunoprecipitação. Estudos funcionais de reatividade vascular em anéis de artéria mesentérica para avaliar a participação da Hsp-90 e eNOS na vasoconstrição induzida pela fenilefrina. A atividade do Nrf-2 será realizada por ensaio de ELISA e as concentrações intracelulares de peróxido de hidrogênio serão quantificadas por citometria de fluxo. Os resultados obtidos serão expressos como média ± EPM (erro padrão da média) e estatisticamente analisados por teste estatístico de variância ANOVA one-way ou teste T de Student e será adotado o nível de significância de 5% (p < 0,05). (AU)