Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da vulnerabilidade e qualidade ambiental de remanescentes de vegetação natural de diferentes fitofisionomias: estudo comparativo entre o município de campinas/sp-brasil e coimbra/portugal

Processo: 19/02698-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 20 de maio de 2019
Vigência (Término): 19 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Conservação da Natureza
Pesquisador responsável:Regina Márcia Longo
Beneficiário:Alessandra Leite da Silva
Supervisor no Exterior: Adelia de Jesus Nobre Nunes
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-CAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidade de Coimbra (UC), Portugal  
Vinculado à bolsa:17/26603-4 - Avaliação da qualidade ambiental dos remanescentes florestais nas bacias hidrográficas do município de Campinas/SP, BP.MS
Assunto(s):Qualidade ambiental

Resumo

As áreas de vegetação remanescente fazem parte dos sistemas de suporte a vida natural e mesmo no contexto urbano apresentam importantes funções estéticas, sociais e ecológicas, tais como: melhora do clima urbano; equilíbrio do índice de umidade e atenuação da poluição do ar; melhora na quantidade e qualidade de água disponível, através da redução do escoamento superficial e controle dos processos erosivos; auxílio nos processos de ciclagem de nutrientes e acumulação e decomposição da matéria orgânica, dentre outros. Diante disto, o presente projeto visa identificar, mapear e determinar a qualidade ambiental das áreas de vegetação natural remanescentes presentes em duas bacias hidrográficas com características de clima e vegetação diferenciadas, uma delas no Brasil (Campinas/SP) e outra Coimbra/Portugal. As mesmas serão avaliadas através de indicadores ambientais e métricas de paisagem como área total e nuclear, conectividade, uso do solo no entorno. Serão utilizadas também técnicas de geoprocessamento, sensoriamento remoto e análises estatísticas como instrumentos auxiliares. Com os resultados obtidos espera-se avaliar se o padrão de distribuição espacial de remanescentes de vegetação natural é semelhante em ambas as áreas de estudo, bem como identificar se é possível construir um Índice de Vulnerabilidade Ambiental padronizado que se aplique tanto aos remanescentes de floresta tropical (Brasil), quanto a outras fitofisionomias de vegetação. Espera-se também que este estudo auxilie à gestão ambiental e urbanística no nível municipal com relação aos remanescentes de vegetação natural e suas potencialidades e fragilidades.