Busca avançada
Ano de início
Entree

Ensino de química para alunos com deficiência visual: um estudo das potencialidades e fragilidades de ações investigativas desenvolvidas no ensino superior

Processo: 18/16913-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2019
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Pesquisador responsável:Estéfano Vizconde Veraszto
Beneficiário:Marina Lima Guedes Geraldo
Instituição-sede: Centro de Ciências Agrárias (CCA). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Araras , SP, Brasil
Assunto(s):Educação especial   Educação inclusiva   Ensino de química   Transtornos da visão   Pessoas com deficiência visual

Resumo

A participação de alunos com deficiência visual no ensino regular tem aumentado. Neste contexto, foram (e estão sendo) desenvolvidos na Universidade Federal de São Carlos, no campus de Araras, trabalhos que buscaram criar alternativas de ensino inclusivo que pudessem ser usadas no ensino regular a partir do entendimento dos conceitos químicos por indivíduos com deficiência visual. Neste sentido, este projeto tem como objetivo, a partir da análise dos trabalhos, mostrar potencialidades, e identificar possíveis dificuldades para efetivação destas propostas buscando desenvolver estratégias que possam superá-las. Também propõe comparar essas propostas a outros trabalhos desenvolvidos no Brasil e que tenham como escopo a mesma temática. Os resultados deverão ser utilizados para propor metodologias e atividades de ensino de química voltadas para deficientes visuais em uma perspectiva inclusiva.