Busca avançada
Ano de início
Entree

Ensaio clínico randomizado para testar a eficácia de um programa de treinamento computadorizado em atenção (CPAT) para aprimoramento do desempenho escolar e atencional em crianças com Autismo

Processo: 17/25203-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2019
Vigência (Término): 31 de maio de 2021
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia do Desenvolvimento Humano
Pesquisador responsável:Cristiane Silvestre de Paula
Beneficiário:Mayra Muller Spaniol
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM). Instituto Presbiteriano Mackenzie. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Neuropsicologia   Transtornos do neurodesenvolvimento   Transtorno do espectro autista   Reabilitação cognitiva   Rendimento escolar   Crianças autistas   Terapia cognitivo-comportamental   Atenção (processos psicológicos)   Ensaio clínico controlado aleatório   Tecnologia médica   Saúde pública   São Paulo (SP)

Resumo

A utilização de um recente programa de treinamento computadorizado para melhora de atenção, denominado Computerized Progressive Attentional Training - CPAT, tem mostrado melhorias específicas e generalizadas em diferentes populações, incluindo melhorias atencionais, acadêmicas e cognitivas em crianças com TDAH, Autismo, Síndrome Fetal Alcoólica e pacientes com AVC. O presente projeto, será um ensaio clínico randomizado duplo cego, com follow-up de três meses após o treinamento visando avaliar os efeitos do CPAT entre crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA) em um contexto de saúde pública em São Paulo, seguindo recomendações e melhorias sugeridas a partir de estudos prévios. Os sujeitos serão 40 crianças de 8 a 14 anos de idade com TEA que frequentam o Ambulatório de Autismo do CAISM da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Metade das crianças será direcionada aleatoriamente para treinamento CPAT e a outra metade irá participar de um grupo controle, jogando jogos de computador seguindo a mesma estrutura do treinamento CPAT. Pela primeira vez, o CPAT será aplicado no Brasil utilizando recursos disponíveis no sistema público, assim como será oferecido em pequenos grupos. Utilizaremos vários instrumentos pré e pós-teste, incluindo questionários para medir desempenho escolar, atenção, cognição, perfil comportamental e sintomatologia de TEA. Espera-se que este ensaio clínico seja capaz de comprovar a eficácia e a manutenção dos efeitos positivos do CPAT em comparação a um grupo controle formado por crianças de um serviço público brasileiro. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)