Busca avançada
Ano de início
Entree

Gestão de acesso pessoal por IoT: estudo de protótipos utilizando recursos de Internet das Coisas (IoT) para monitoração automática de indivíduos e gestão de informação armazenada (Big Data)

Processo: 19/02820-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE  
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2018
Vigência (Término): 31 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Sistemas de Computação
Pesquisador responsável:Sandra Aparecida Silva Biasi Janostiac
Beneficiário:Sandra Aparecida Silva Biasi Janostiac
Empresa:Everest Soluções em Informática Ltda
CNAE: Consultoria em tecnologia da informação
Suporte técnico, manutenção e outros serviços em tecnologia da informação
Vinculado ao auxílio:18/08533-1 - Gestão de acesso pessoal por IoT - estudo de protótipos utilizando recursos de Internet das Coisas (IoT) para monitoração automática de indivíduos e gestão de informação armazenada (Big Data), AP.PIPE
Assunto(s):Internet das coisas   Big data   Computação em nuvem   Administração de recursos humanos   Monitoramento   Controle de acesso   Gestão da informação   Neuromarketing

Resumo

O mundo da Internet das Coisas (IoT), avança rapidamente sobre o nosso cotidiano. Cada vez mais, deixa os laboratórios para fazer parte da vida real das pessoas. Em 2020, serão 20 bilhões de "coisas" ligadas à internet, como smart TVs, automóveis, sistemas inteligentes de iluminação ou equipamentos industriais, entre vários outros, segundo dados da consultoria Gartner, em estudo divulgado em fevereiro/2017. Estes dispositivos podem ajudar a aumentar a produtividade e reduzir ineficiências. Com este intuito, nosso projeto foca em avaliar a utilização de dispositivos IoT como alternativa para monitoramento e liberação de acesso de pessoas em determinado ambiente físico. Simultaneamente, estruturar o armazenamento destes dados em banco de dados/Big Data, para diagnosticar e compreender a dinâmica destes dispositivos durante a captação de dados, com diferenciais em relação ao estado da arte desta tecnologia no mundo, com ênfase nos mercados de acessibilidade, mobilidade, hospitalidade, neuromarketing e pesquisa científica. O presente projeto de pesquisa se propõe a avaliar a utilização de dispositivos IoT e identificar quais soluções são mais indicadas para cada cenário estudado, levando em consideração as eventuais barreiras físicas, fluxo de pessoas, diversidade de modelos e marcas de aparelhos de celulares envolvidos, ambiente de armazenamento em cloud computing, entre outras variáveis a serem analisadas. Serão estruturados protótipos de armazenamento destes dados em banco de dados "small" big data, para idealização da melhor estrutura de informações para suportar as múltiplas aplicações possíveis, priorizando a flexibilidade e integrações com fontes diversas. Os dispositivos IoT a serem considerados compreendem: (a) Beacon - dispositivo bluetooth; (b) NFC tags - Near Field Communication; (c) Wi-Fi Hotspot - redes de Internet Wi-Fi com identificação de utilização, geralmente de livre acesso; (d) QRCode - Quick Response Code e (e) plataforma de processamento e armazenamento. O objetivo será compreender e diagnosticar o comportamento destes dispositivos durante a captação de dados em diferentes situações. Entre as aplicações temos: estudos de circulação de pessoas em ambientes monitorados, identificação e liberação de acesso, otimização de processos de gestão de ausências de indivíduos e diagnósticos de problemas de acessibilidade, inclusive para pessoas com restrições de movimentação. Atualmente estas tecnologias são tratadas de forma isolada, inclusive no exterior. Com a crescente disseminação mundial e o início de fabricação destes dispositivos no Brasil, diminuiu o altíssimo custo de equipamentos, viabilizando sua utilização em aplicações comerciais. (AU)