Busca avançada
Ano de início
Entree

Benzer a criação: um olhar antropológico sobre o benzimento de animais no interior paulista

Processo: 18/09278-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2019
Vigência (Término): 31 de março de 2022
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia
Pesquisador responsável:Felipe Ferreira Vander Velden
Beneficiário:Míriam Rebeca Rodeguero Stefanuto
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Catolicismo

Resumo

Associado ao catolicismo, o benzimento é uma forma específica de se buscar a cura e a solução de diversos problemas, para humanos e para animais. Este projeto propõe investigar especificamente a prática do benzimento de animais de criação em sítios no interior rural paulista, com o objetivo de pensar as relações interespecíficas e as conexões entre religião e relações entre humanos e animais. Para tanto, proponho a realização de uma pesquisa de campo nas cidades de Bariri e Itaju, durante a qual pretendo investigar pessoas que procuram e que oferecem ou praticam o benzimento de animais. Objetiva-se, assim, analisar o que o benzimento pode revelar das relações entre benzedores, santos, criadores e animais, e quais as relações interespecíficas que são construídas nas propriedades rurais, buscando compreender que tipo de animal e de criação emergem dessas práticas. Sugiro que o ato de benzer é uma das técnicas acionadas na criação de animais e que envolve, além de criadores e animais, os benzedores e os santos por eles mobilizados, de modo que o benzimento pode contribuir para a compreensão da domesticidade por meio de formas de comunicação entre animais, humanos e divindades.